Aterradores e arrepiantes: Estes são os 8 hotéis mais assustadores do mundo

A apenas duas semanas do Halloween, a momondo, aplicação que compara e reserva voos e hotéis, preparou uma lista que engloba os oito hotéis mais arrepiantes do mundo. Para os que gostam de aderir à famosa tradição popularizada pela cultura norte-americana, originalidade e imprevisibilidade não irão faltar nestes oito destinos com quartos assombrados e absolutamente aterradores.

A lista elaborada pelo site de reservas momondo, apresenta opções que vão desde o hotel do filme de terror “O Iluminado” até a um hotel com 6.118 quartos na Malásia.

1.First World Hotel – Genting Highlands, Malásia

Com um centro comercial, uma pista de bowling, um parque de diversões e ainda uma autêntica selva tropical, é a atividade paranormal existente no First World Hotel, localizado nas montanhas Titiwangsa, que mais capta a atenção dos hóspedes.

Os relatos dos hóspedes do quarto maior hotel do mundo contam que sofreram de insónias devido aos poltergeists provenientes dos fantasmas de antigos jogadores dos casinos do resort, que decidiram acabar com as suas vidas depois de perderem no jogo e que assombram os mais de 6 mil quartos.

Ao contrário da maioria dos hotéis, o First World Hotel não conta somente com um quarto assombrado mas com um andar inteiro, e por causa da quantidade de sustos há quem diga que o elevador salta o 21º andar.

2. Hotel Burchianti – Florença, Itália

Este hotel em Florença foi em tempos local de eleição para artistas, poetas e políticos dos anos trinta, como Benito Mussolini. Todavia, atualmente o Hotel Burchianti é um dos mais arrepiantes de toda a Europa.

Com preços que vão desde os 120€/noite, segundo relatos de hóspedes, vaguear pelos elegantes e labirínticos corredores do Burchianti é como estar a poucos passos de um encontro com a morte, arriscando ver o fantasma de uma senhora idosa a tricotar numa cadeira no salão de espera.

Para os menos corajosos, o melhor é evitar a estadia no chamado “Quarto Fresco”, onde um teto com uma decoração sinistramente bela serve de vista quando se começa a sentir uma presença estranha no interior do quarto. Quem por lá dormiu, ou pelo menos tentou, diz ter-se sentido observado durante toda a noite por um fenómeno desconhecido e afirma ter notado uma sensação de respiração gelada próxima do rosto.

No entanto, permanecem as críticas positivas ao Burchianti.

 

3. Castelo de Dragsholm – Odsherred, Dinamarca

Enquanto de dia, este castelo com 800 anos se apresenta um dos lugares mais charmosos de toda a europa, quando o sol se põe a situação inverte-se. Do dia para a noite, a luz e a elegância dão lugar ao mistério e ao terror. Na fortaleza surgem sombras que espreitam e fantasmas que anseiam a chegada de companhia.

Frequentemente conhecido como o mais assombrado da Europa, diz-se que o Castelo de Dragsholm alberga cerca de uma dezena de espíritos que vagueiam pelos seus jardins e restaurantes. Um dos espíritos é a Dama de Branco, uma nobre trancada sem piedade no quarto para todo o sempre, por o seu pai ter descoberto que estava apaixonada por um criado. Nos anos 30, aquando das obras de restauração do hotel, a Dama de Branco foi encontrada pelos trabalhadores em estado cadáver, vestida de branco e sepultada no interior de uma das paredes.

4. Russell Hotel – Sydney, Austrália

Este Hotel, situado no bairro mais antigo da cidade (The Rocks), já foi em tempos destino de marinheiros desordeiros e um hospital improvisado no início do século passado, devido à peste bubónica. Com a epidemia curada e ultrapassada, o Russel Hotel transformou-se num B&B (Bed & Breakfast) Boutique. Contudo, o passado do Russel ainda é visível nos seus salões onde um marinheiro encara os hóspedes vizinhos e garante que os mesmos dormem bem enquanto os observa no quarto 8.

 

5. The Queen Anne Hotel – São Francisco, EUA

Este hotel, no bairro de Pacific Highs em São Francisco, é também um Bed & Breakfast assombrado, que outrora foi uma escola unicamente para o sexo feminino. O The Queen Anne Hotel surgiu após a venda da referida escola mesmo contra a vontade da própria diretora, a Miss Mary Lake. O fantasma que assombra o hotel americano é precisamente o espírito de Mary Lake arranjando-se diante do espelho e passando os delos pelas antigas teclas do piano vitoriano que lá permanece.

A sua presença, que se sente vaguear pelo exuberante hotel, relembra a antiga elegância vitoriana ao Queen Anne onde, tal como o piano, permanecem as mobílias clássicas, assim como continua o ritual de oferecer aos hóspedes biscoitos e vinho.

O quarto 410, antigo aposento da Miss Mary Lake, é ideal para quem ambiciona uma experiência espiritual de primeira classe.

6. Fairmont Le Château Frontenac – Quebec, Canadá

Foi no edifício central da cidade, e Património Mundial da Unesco, que Louis de Buade de Frontenac, governador da Nova França, faleceu tendo dado origem ao nome do hotel assombrado.

Fairmont Le Château Frontenac, tem uma história de partir o coração em que, embora a causa da morte nunca tenha sido conhecida, é atribuída à angústia insaciável causada pela distância da sua mulher, que tinha ficado para trás em Paris.

Passados mais de 300 anos, relatos afirmam ter avistado o fantasma do governador a vaguear pelos corredores em busca da sua amada, enquanto há quem diga que também a sua amada por lá deambula, havendo o mito de que a mesma ganhou reputação por se deitar na cama com hóspedes.

7. Stanley Hotel – Colorado, EUA

Este hotel no Colorado, serviu de cenário a um dos romances de terror de Stephen King. “The Shining” ou “O Iluminado” é o filme onde se podem ver os corredores do Stanley Hotel e se o filme já é suficientemente assustador, a realidade ultrapassa a ficção.

A inspiração para o romance partiu das aterrorizantes caçadas a fantasmas que duram cinco horas e aos passeios gelados ao longo da noite em redor do hotel. Quem ouse caminhar sozinho, deve preparar-se para os risos temíveis das “meninas” que correm pelo quarto andar. Para os que apreciam festas, nada melhor do que descer ao salão e encontrar uma mas apenas frequentada por fantasmas.

 

  1. Hotel del Salto em Tequendama – Bogotá, Colômbia

Nos arredores de Bogotá fica o Hotel del Salto, logo no limite de um penhasco. Aberto em 1928, serviu de local para turistas abastados que se encantavam com as visitas às cascatas de Tequendama.

Os proprietários do hotel mal imaginaram que o mesmo estava condenado a múltiplos azares.  Além da contaminação das águas do rio, a queda fatal proporcionada por um local com mais de 160 metros de altura fizeram do hotel um dos locais de preferência para acabar com a própria vida. Quem o fez permanece condenado a permanecer eterno nos corredores do Hotel del Salto.

Depois de abondonada por 20 anos, a mansão reabilitada em 2012 é agora um museu em homenagem aos antigos tempos de glória. Embora já não seja possível pernoitar no del Salto, a vista sob o rio Bogotá, as exposições culturais e com sorte, ou azar, alguma actividade paranormal, compensam a visita.

 

Recomendadas

Salários reais caem pela primeira vez neste século e deixam milhões de trabalhadores em dificuldades

Há milhões de trabalhadores em dificuldades: os salários reais têm caído, pelo que são precisas, avisa a OIT, medidas que protejam o poder de compra. Em Portugal, o Governo já ajustou, por exemplo, a trajetória do salário mínimo com essa intenção em mente.

Desemprego na zona euro cai para 6,5% em outubro atingindo mínimo histórico desde 2008

A taxa de desemprego na zona euro caiu para 6,5% em outubro, o que compara com 7,3% no mesmo mês de 2021, anunciou hoje o gabinete estatístico da União Europeia (UE), revelando ser um mínimo histórico desde 2008.

Afinal, pensões mais baixas vão subir 4,83% em janeiro

Pensões até 961 euros vão ter aumento de 4,83%, pensões entre 961 euros e 2.883 euros vão subir 4,49% e pensões acima de 2.883 euros vão crescer 3,89%. Correção das atualização vai custar 110 milhões de euros, aos quais se somam os 1.155 milhões de euros já previstos.
Comentários