Atividade económica abranda ainda antes das novas restrições

O indicador diário de atividade do Banco de Portugal mostra um abrandamento na semana terminada a 19 de dezembro, ou seja, ainda antes das novas restrições entrarem em vigor.

Câmara Municipal de Lisboa

A atividade económica em Portugal abrandou na semana terminada a 19 de dezembro, isto tendo como referência igual período do ano passado, apesar de a comparação com o período bienal (os dois últimos períodos homólogos) mostrar um crescimento da atividade neste período.

O indicador diário de atividade económica (DEI) calculado pelo Banco de Portugal mostra um abrandamento da atividade na semana terminada a 19 de dezembro, ou seja, ainda antes da entrada em vigor das novas restrições pandémicas.

A média móvel deste indicador para a semana em análise foi de 0,0, o que compara com os 1,5 registados na semana anterior. Já analisando o cenário bienal, em que é retirado o efeito base decorrente da volatilidade verificada no ano de 2020, a média móvel da semana terminada a 19 de dezembro foi de -3,9, o que representa uma melhoria em relação aos -6,8 registados no período anterior.

O DEI ganhou uma relevância acrescida no contexto de rápidas e frequentes alterações às restrições em vigor, que têm efeitos claros na economia.

Assim, “o DEI cobre diversas dimensões correlacionadas com a atividade económica em Portugal, sumariando a informação das seguintes variáveis diárias: tráfego rodoviário de veículos comerciais pesados nas autoestradas, consumo de eletricidade e de gás natural, carga e correio desembarcados nos aeroportos nacionais e compras efetuadas com cartões em Portugal por residentes e não residentes”, explica o Banco de Portugal.

Recomendadas

Portugal sobe duas posições no Ranking Mundial de Talento e é agora o 24.º mais competitivo

Portugal melhora sobretudo na Investigação & Desenvolvimento e na Preparação. O podium mundial é liderado pela Suíça, Suécia e Islândia, as três economias mais competitivas em talento a nível mundial entre os 63 países analisados pela escola de negócios IMD.

António Costa: Ambiente+Simples ajuda investimento nas renováveis

O primeiro-ministro afirmou que a desburocratização e a digitalização da administração pública é fundamental para reduzir custos e facilitar o investimento nas renováveis.

Presidente do Peru detido após ser destituído e acusado de golpe de Estado

Pedro Castillo foi detido e está na sede da polícia de Lima, depois de ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a sua dissolução.
Comentários