Atrevia tem novo diretor em Bruxelas

A Atrevia nomeou Ángel Rebollo como diretor do escritório em Bruxelas, responsável pelo desenvolvimento de projetos e assuntos públicos junto de instituições europeias e de clientes do grupo, de Portugal, Espanha e América Latina. A consultora global de comunicação e posicionamento corporativo escolheu Ángel Rebollo devido à sua vasta experiência profissional a nível internacional. O novo diretor […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Atrevia nomeou Ángel Rebollo como diretor do escritório em Bruxelas, responsável pelo desenvolvimento de projetos e assuntos públicos junto de instituições europeias e de clientes do grupo, de Portugal, Espanha e América Latina.

A consultora global de comunicação e posicionamento corporativo escolheu Ángel Rebollo devido à sua vasta experiência profissional a nível internacional. O novo diretor participou no desenvolvimento de negócio, marketing e consolidação de diversos projetos europeus.

Rebollo é licenciado em Gestão de Empresas pela Universidade Loyola Andaluzia de Madrid, iniciou-se na banca, no Banco Santander e no Kutxa. Posteriormente focou a sua carreira a nível internacional, na União Europeia, primeiro como gestor de projetos na Federação Espanhola da Câmara de Comércio na Europa e, desde 2010, como Conselheiro Parlamentar no Parlamento Europeu.

O escritório da Atrevia em Bruxelas é uma sede estratégica para o desenvolvimento de projetos junto das entidades europeias para todos os clientes empresariais e institucionais geridos pela área de Assuntos Públicos do Grupo. “Estar presente nesta localização permite um acompanhamento eficaz das políticas, da complexa estrutura organizativa e dos procedimentos de regulação provenientes dos organismos comunitários”, explica a consultora em comunicado.

Ana Margarida Ximenes, presidente da Atrevia Portugal, assinala que a organização, trabalha “com o nosso escritório em Bruxelas conseguimos ter uma presença  privilegiada, para antecipar e gerir tópicos e oportunidades relevantes de atuação, acompanhando de forma estratégica as políticas e decisões tomadas a nível europeu”.

A Atrevia está presente atualmente em Espanha, Portugal, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Perú, Porto Rico, Bruxelas e Washington.

OJE

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.