Atribuição do grau de doutor pelos politécnicos está mais perto

A pretensão é antiga e está quase a concretizar-se.

A pretensão é antiga e está quase a concretizar-se. “O CCISP tem a expectativa de que esteja resolvido o mais rapidamente possível”, disse Maria José Fernandes, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos ao JE Universidades.

O Parlamento aprovou, por unanimidade, uma iniciativa legislativa de cidadãos que defende o fim da “limitação legal que impede os politécnicos de outorgar o grau de doutor” e a possibilidade de “adotar a designação de universidade politécnica em substituição da de instituto politécnico”. Aprovada na generalidade, a iniciativa, baixa à especialidade, onde será a partir de agora afinada na Comissão de Educação e Ciência, composta pelos grupos parlamentares do PS, PSD, CH, IL, PCP e BE .

De acordo com o documento apresentado no Parlamento, cuja comissão representativa inclui o antigo secretário de Estado do Ensino Superior Pedro Lourtie, o ex-presidente do Politécnico de Bragança, Dionísio Gonçalves, e a presidente do IPSetúbal, Ângela Lemos, as duas mudanças previstas “são a afirmação da qualidade e vitalidade do ensino superior português”. O mesmo não pensa o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas. O CRUP critica a proposta e considera que “contém uma contradição insanável. Pretende valorizar o ensino politécnico e manter o sistema binário, mas propõe uma solução que hierarquizará o sistema em universidades de primeira e universidades de segunda“. n

Recomendadas

Conferência do Jornal Económico debate os grandes temas de 2023

O auditório principal do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) recebeu na passada sexta-feira, 16 de setembro, a conferência do sexto aniversário do Jornal Económico.

Primeiro-ministro espanhol testou positivo à Covid-19

Sánchez não disse se estava a sentir-se doente ou se iria cancelar outros compromissos na próxima semana.

Portugal registou 18.315 mil casos e 37 mortes de Covid-19 na última semana

A Direção-Geral da Saúde contabilizou mais 2.049 infeções em comparação à semana anterior.
Comentários