Autarquia do Funchal dá luz verde a alargamento do Caminho do Jamboto

O município decidiu ainda abrir concursos internos de acesso à carreira de fiscal municipal.

A reunião de câmara do Funchal deu início ao procedimento que vai permitir realizar o alargamento do Caminho do Jamboto. O município decidiu ainda abrir concursos internos de acesso à carreira de fiscal municipal.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Gouveia, referiu que o atual Governo Regional não celebrou até hoje qualquer contrato-programa proposto pelo município, e lembrou que a autarquia enviou um conjunto de 11 investimentos de interesse público e local, para serem inscritos no Orçamento Regional de 2019, onde se incluía o alargamento do Caminho de Jamboto, mas ainda não teve qualquer tipo de resposta.

“Não é por isso que deixaremos de fazer obra com os nossos próprios meios, a nossa própria capacidade de investimento e verbas exclusivamente municipais”, adiantou o autarca.

O município vai ainda promover 10 fiscais e contratar 4 novos colaboradores. Miguel Gouveia diz que em 2018 a autarquia valorizou os salários dos trabalhadores, abriu duas dezenas de procedimentos concursais, consolidou 50 situações de mobilidade intercarreiras, regularizou precários, e reorganizou a estrutura orgânica da Câmara Municipal do Funchal.

Recomendadas

Médicos internos preenchem totalidade das 39 vagas disponibilizadas à Madeira

Este processo, que decorre em simultâneo a nível nacional, é acompanhado na Região Autónoma da Madeira pelo Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), entidade responsável pelo Internato Médico na Região.

Funchal: Prorrogado prazo de reabilitação da ETAR

Foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA).

Madeira aprova 74 contratos-programa de desenvolvimento desportivo no valor de quatro milhões de euros

Foi autorizada ainda a celebração de um acordo de cooperação entre o Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Santana Cidade Solidária, de 21,4 mil euros, relativo ao financiamento das respostas sociais loja social e atendimento e acompanhamento social.
Comentários