Autor
António Moita, Jurista
Artigos

Marcelo é “fitch”

Quando o vento mudar, se mudar claro está, teremos em Belém o principal agente da desestabilização do inovador quadro político português.

Marcelo e a nova democracia direta

O poder moderador e de influência não é suficiente para Marcelo porque não é aí que se encontra o centro da decisão política. Governar é fazer, não é esperar que os outros façam.

Política sem paixão é emprego

É tempo de transmitir às novas gerações o exemplo de homens que desafiaram poderes instituídos, que lutaram por ideais e que procuraram transformar o mundo.

Valha-nos Nossa Senhora de Fátima

Sem crescimento económico e com taxas de juro progressivamente mais elevadas, o País pode tornar-se inviável.

As equipas de futebol de Costa

A verdade é que a política de baixas remunerações nos conduziu até aqui. Significou reduzida exigência, facilidade em aumentar os efetivos e nenhuma responsabilidade perante a ineficiência ou o erro. Sem falar da corrupção que daqui resulta.

A Caixa negra

Ninguém duvida que por detrás do crédito atribuído existiam outros negócios e outros interesses. E também hoje ninguém duvida que foi isso que deitou abaixo os bancos.
Ver mais artigos