Autor
João Ribeiro, economista e membro convidado do secretariado nacional do JPP
Artigos

Diversificação económica

A Região Autónoma da Madeira apesar de ser uma região desenvolvida e integrar a União Europeia, parece ao longo das últimas décadas querer apostar e desenvolver quase exclusivamente o turismo descurando muitos dos outros ramos de atividade. A aposta vincada neste setor faz com que a economia da região possa sofrer um forte impacto negativo decorrente de causalidades externas como foi o caso da pandemia.

O monopólio da banana

Será justo uma empresa pública aproveitar os apoios europeus, que se destinavam a remunerar o árduo trabalho dos pequenos produtores de banana, utilizando manobras contabilísticas para passar a pagar menos pela matéria-prima? Irão as instituições europeias ficar impávidas e serenas face a tamanha injustiça na distribuição de apoios comunitários aos agricultores?! Veremos!

Desendividamento, precisa-se!

Mais do que nunca é necessário tomar uma atitude mais robusta na redução da dívida pública regional, cortando nas despesas não essenciais como por exemplo a extinção das sociedades de desenvolvimento, sociedades anónimas detidas pelo governo regional que se constituem como um sumidouro de dinheiros públicos, sob pena de onerar cada vez mais o contribuinte que acabará por pagar uma fatura mais pesada.

A pressão dos preços no imobiliário da ilha da Madeira

Enfrentamos agora um problema de habitação para a classe média, que se tende a exacerbar em locais com maior procura turística. Urge a necessidade de se pensar e implementar políticas públicas de habitação para a classe média, uma vez que o direito à habitação se encontra consagrado na constituição.