Autor
José Carlos Lourinho
jlourinho@jornaleconomico.pt
Artigos

Novo “braço direito” de Costa e turbilhão na Economia. Veja a análise à remodelação no Governo

Ao fim de oito meses, António Costa procedeu à maior remodelação governamental da maioria absoluta: chamou para junto de si um “velho conhecido” e afastou dois secretários de Estado desfasados do ministro da Economia. Veja a análise de Ricardo Santos Ferreira, diretor adjunto do semanário Novo.

Cristiano Ronaldo na Arábia Saudita pode obrigar clubes europeus a aumentar salários, prevê DBRS (com áudio)

A previsão da agência de notação de crédito coloca sob pressão imediata os clubes da MLS (liga de futebol norte-americana) mas não exclui a possibilidade de obrigar os emblemas europeus a aumentar salários, algo que contraria as regras da UEFA no sentido de limitar os gastos dos clubes. Imprensa espanhola dá como certa a transferência do português para a Saudi Pro League já a 1 de janeiro de 2023.

Susana Coroado: “Há uma tolerância dos portugueses para com o conceito de ‘rouba mas faz'”

Políticos escondidos atrás da lei sem conseguir construir pontes de confiança com os cidadãos e eleitores com um alto grau de tolerância ao conceito de “rouba mas faz”. Susana Coroado, uma das coordenadoras do estudo “Ética e integridade na política”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, explica nesta “Fast Talk” as principais conclusões apuradas de inquéritos a políticos e eleitores.

António Costa e a maldição do sete. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes”

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

Rúben Amorim renovou contrato com o Sporting CP até 2026

Foi contratado por 10 milhões de euros em dezembro de 2019 e em maio de 2021 levou o Sporting CP ao título. Renova agora contrato por mais duas temporadas.

“Enquanto continuar o aperto dos bancos centrais, os mercados estarão sob pressão”, alerta analista

A inflação em níveis elevados como não se via há décadas, a deterioração contínua das perspectivas económicas e a persistência dos riscos geopolíticos são as principais questões enfrentadas pelos sistemas financeiros este ano. Foi assim em 2022. O que esperar para 2023? Para esta análise, temos connosco Nuno Mello, diretor comercial da XTB, nesta “Fast Talk” da JE TV.
Ver mais artigos