Autor
Luis Vilariça, Gestor
Artigos

Um nome para durar

Reformar implica mexer no ‘status quo’, correr o risco da impopularidade, e isso não ajuda a manter o poder.

Trocar uma por duas

A questão dos comentários em jornais online tem contornos maquiavélicos quando associada a uma estratégia de gestão de opinião pública.

Cuidar da Europa, cuidar de nós

Os políticos que se propõem salvar o Mundo com as suas explicações simplistas assentes no “nós” e nos “outros” são os que, mais levianamente, se levantarão contra os “outros”.

Dançou e dançou

A paz gera a paz, e esta faz-se tanto de grandes como de pequenos gestos.

Balanço de Natal

É fundamental ter exemplos, pessoas que nos inspirem pela sua maneira de ser, que nos mostram como é ir mais além, como podemos superar-nos.

“Sinhozinho Trump”

Para já há quem opte por dar o benefício da dúvida a Trump. Há até quem o nomeie Personalidade do Ano. Mas cabe-lhe apenas a ele escolher como quer ficar para a história.

Os grandes são apenas homens

Ficámos sem políticos super-heróis e, provavelmente, sem nomes que a memória coletiva guardará como grandes homens. Mas isso não quer dizer que temos de nos render à qualidade “polichinelo”.

O ano do populismo

Há que aceitar que certas coisas nunca mais serão as mesmas e aproveitar as oportunidades que se abrem, rejeitando o quixotismo do regresso ao passado glorioso que vendem os populistas.

Caixa, a nova filha da geringonça

Nomear uma administração para um banco não é uma trivialidade. São processos muito escrutinados. Decerto poderiam ter contado com a indignação.
Ver mais artigos