Autoridade dos Transportes inicia inspeção ao Metro de Lisboa

Até ao final da semana, estão oito inspetores da AMT no terreno, em todas as estações de todas as linhas do Metropolitano de Lisboa, para verificar a existência de eventuais falhas ou anomalias no serviço.

Rafael Marchante/Reuters

A AMT – Autoridade da Mobilidade e dos Transportes iniciou hoje de manhã uma ação inspetiva ao Metro de Lisboa.

“Trata-se de uma ação inspetiva às condições de exploração do Metropolitano de Lisboa, que vai decorrer em todas as linhas estações do metro durante esta semana, em três dia alternados”, explicou hoje João Carvalho, presidente da AMT, em conferência de imprensa.

O presidente do órgão de supervisão do setor dos transportes adiantou que esta ação se iniciou em outubro, com a  recolha de informação, a maioria derivada da apresentação de queixas de utentes por falhas e atrasos no serviço, seja em questões de pontualidade ou de bilhética, situações que têm gerado críticas e descontentamento por parte dos utentes do ML.

João Carvalho revelou que a ação em curso conta com oito inspetores da AMT no terreno.

“A primeira intenção desta inspeção é prudencial, pedagógica, sem qualquer intuito sancionatório. Mas, se gorem encontradas anomalias, é chamada a atenção e faremos recomendações”, alertou o presidente da AMT.

João Carvalho prevê entregar ao Governo, à Assembleia da República e à própria administração do ML o relatório desta inspeção até ao final da próxima semana. Depois, a administração do ML terá o direito de exercer o contraditório.

Questionado sobre se a AMT está a preparar novas inspeções a outras empresas de transportes públicos, João Carvalho  assegurou que, “neste momento, estão a decorrer várias ações de diagnóstico com recolha de informação e prestação de esclarecimentos sobre transporte de passageiros existente em Portugal”.

A recolha  de informação dos processos que a AMT tem em curso abrangem 99 autarquias, 21 comunidades intermunicipais, duas áreas metropolitanas e os 63 maiores operadores de transportes do País (incluindo os modos ferroviário e fluvial).

Os pedidos de informação da AMT abrangem também 36 operadores de transportes rodoviários regular de passageiros, que representam 86% das carreiras registadas.

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários