Autoridade Marítima deteta caravelas-portuguesas na Costa Sul da Madeira e alerta população para evitar contacto

A Autoridade Marítima diz que o veneno destas caravelas-portuguesas é perigoso. Os sintomas da picada são dor forte e sensação de queimadura e ainda irritação, vermelhidão, inchaço, e comichão.

A Autoridade Marítima detectou na Costa Sul da Madeira caravelas-portuguesas com maior expressão na orla costeira entre a Ponta Gorda e o Lido. O mesmo organismo alerta a população para evitar o contacto com estas criaturas do mar.

É deixado o alerta pela Autoridade Marítima numa situação em que se aviste caravelas-portuguesas para se evitar contacto.

A Autoridade Marítima refere que o seu veneno é perigoso.

“Os sintomas da picada são dor forte e sensação de queimadura e ainda irritação, vermelhidão, inchaço, e comichão”, diz a Autoridade Marítima.

Em caso de contacto com uma caravela-portuguesa a Autoridade Marítima recomenda que “não se coçe ou esfregue a zona atingida”, “não se use água doce, alcóol ou amónia”, “não colocar ligaduras”, “lavar com cuidado com soro fisiológico”, “retirar com cuidado os tentáculos da água viva utilizando luvas, uma pinça de plástico e soro fisiológico”, “aplicar vinagre na zona atingida”, “aplicar bandas quentes ou água para aliviar a dor”, “recorrer a ajuda médica”.

 

Recomendadas

Madeira: Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento disponibiliza máquina ATM Express na Praça CR7

As caixas ATM são especialmente direcionadas para os turistas, sector que têm vindo a atingir valores históricos na Região.

Madeira supera 1,1 milhões de dormidas no alojamento turístico em agosto

As estimativas para as dormidas de agosto de 2022 superam em 67 mil o valor do mês anterior, passando assim a constituir o registo mensal mais alto de sempre observado no alojamento turístico da Região.

Madeira investe 923 mil euros na reabilitação da ER 103 entre o Terreiro da Luta e o Poiso

Pedro Fino explicou que esta obra não foi financiada com fundos europeus, mas que a Região aguarda a abertura do novo quadro comunitário, contando que deverá haver enquadramento para o financiamento da reabilitação desta estrada.
Comentários