Avaliação bancária das casas sobe em novembro e aproxima-se do máximo de 2011

O custo aumentou para 1 144 euros por metro quadrado. O INE divulgou esta quinta-feira o Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação referente a novembro.

O valor médio de avaliação bancária subiu para 1.144 euros por metro quadrado em novembro, um valor 3 euros superior ao observado em outubro, o que representa um aumento de 0,3% em relação ao registado no mês precedente e de 4,9% face ao mesmo mês de 2016, referem os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta quinta-feira.

Os 1.144 euros registados no mês passado fazem com que o valor da avaliação bancária das casas se aproxime do valor máximo observado em abril de 2011 (1.156 euros/m2 ). O aumento de três euros, face a outubro, verificou-se tanto nas moradias (1 064 euros/m2) como nos apartamentos (1 194 euros/m2). Quando se compara com o período homólogo, o valor médio de avaliação nas moradias e nos apartamentos, segundo o INE, registou um aumento de 4,9% e 5%, respetivamente.

“A nível regional, as maiores subidas para o conjunto da habitação registaram-se na Região Autónoma dos Açores (1,9%) e no Centro (0,9%). As únicas descidas verificaram-se no Alentejo (-0,7%) e no Algarve (-0,2%)”, assinala o organismo de estatística nacional.

Notícia atualizada às 11h18

Relacionadas

Cidadãos começam a recorrer a veículos e casas partilhadas

As novas formas mobilidade, alternativas aos meios convencionais, identificam cidades inteligentes. Pataformas de partilha de alojamento ganham expressão.

Vendas de casas em subida na Madeira

No terceiro trimestre verificou-se uma subida de 23,1% na venda de alojamento e um crescimento de 25,7% no valor das casas transaccionadas.

Preços das casas aumentaram 10,4% no terceiro trimestre, o ritmo mais elevado em 8 anos

Os dados revelados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram que esta foi a taxa de crescimento de preços registada desde o início de 2009.
Recomendadas

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

Há um “caminho longo” a percorrer no envelhecimento ativo, diz a ministra da Coesão Territorial

“Sabemos hoje mais sobre as maleitas dos mais velhos e sabemos como as evitar”, sublinhou Ana Abrunhosa, reiterando que “todos queremos envelhecer com qualidade”.

Apoio às famílias pode mitigar desaceleração da economia, prevê Fórum para a Competitividade

O pacote de apoios preparado pelo Governo como resposta à inflação pode mitigar a desaceleração da economia, mas o próximo ano apresenta-se repleto de riscos de desafios. Salários reais devem voltar a cair, prevê o Fórum para a Competitividade.
Comentários