Aviões militares russos cruzaram zona de defesa aérea do Alaska pelo menos três vezes esta semana

O caso mais recente ocorreu entre segunda e quarta-feira, revelou o Comando de Defesa do Espaço Aéreo Norte-Americano.

10 – Estados Unidos

Os Aviões militares russos cruzaram a zona de identificação de defesa aérea do Alaska (nos EUA) pelo menos três vezes esta semana. O incidente mais recente ocorreu com uma aeronave que voou até à zona de identificação de defesa aérea do Alaska (ADIZ), em algum momento entre segunda e quarta-feira.

De acordo com a informação divulgada pelo Comando de Defesa do Espaço Aéreo Norte-Americano (NORAD, em inglês), e citada pela CNN, este é o terceiro evento deste género, depois de, na última terça-feira, ter surgido a informação de que outros dois aviões haviam feito o mesmo.

O exército norte-americano iniciou procedimentos de identificação das aeronaves envolvidas, em favor do interesse da segurança nacional, referem as mesmas fontes.

O espaço aéreo do Alaska estende-se por mais de 160 quilómetros do território dos Estados Unidos.

Recomendadas

Bruxelas dará “resposta mais forte possível” em caso de sabotagem no Nord Stream

A presidente da Comissão Europeia assegurou que, caso as três fugas detetadas nos gasodutos submarinos Nord Stream no mar Báltico sejam uma “ação de sabotagem”, haverá “uma forte resposta”.

Ucrânia: Autoridades pró-russas anunciam vitória do ‘sim’ à anexação em Zaporijia

As autoridades pró-Moscovo anunciaram que a região ucraniana de Zaporijia, uma das quatro ocupadas pela Rússia, aprovou a anexação à Federação Russa no referendo que decorreu nos últimos quatro dias.

Dezenas de milhares de russos fogem para a Geórgia, Cazaquistão e Arménia

Por não exigirem visto para cidadãos russos, a Geórgia e a Arménia têm sido um destino importante para os russos em fuga desde o início da guerra iniciada em 24 de fevereiro.
Comentários