Azores Airlines atinge novo máximo com mais de um milhão de passageiros transportados em 2022

O grupo SATA, que junta Air Açores e Azores Airlines, já superou os valores registados no período de pré-pandemia.

A Azores Airlines já superou mais de um milhão de passageiros transportados, em 2022, o que constitui um novo máximo, sublinha a companhia aérea.

O momento foi assinalado através de uma ação surpresa, junto do balcão de check-in, para o voo S4 172 com partida de Ponta Delgada e destino ao Porto, a 29 de novembro.

Foi entregue um boarding pass redimensionado em honra da ocasião e um certificado de presença neste voo entregue pelo presidente do Grupo SATA, ao passageiro, antes de este embarcar no voo.

“Trata-se de um dia simbólico para todos os que trabalham para tornar possível o crescimento da operação aérea da Azores Airlines. E nada pareceu fazer mais sentido do que partilhar o nosso entusiasmo e o sucesso alcançado com os passageiros que escolhem viajar connosco. Afinal, sem a confiança que os nossos passageiros depositam em nós, não teríamos alcançado esta marca histórica na companhia aérea, de mais de um milhão de passageiros transportados num só ano”, disse o presidente do Grupo SATA, Luís Rodrigues.

A Azores Airlines nunca tinha superados mais de um milhão de passageiros transportados num ano.

O grupo SATA, que junta Air Açores e Azores Airlines, já tinha chegou a um milhão de passageiros a 3 de agosto. No verão de 2022 as duas companhias aéreas já tinham superado os valores registados no período da pré-pandemia.

Recomendadas

Madeira: PCP reclama desenvolvimento e justiça social para zonas altas

Herlanda Amado referiu que não tem existido um verdadeiro investimento para garantir a qualidade de vida e segurança de quem vive nestas localidades, salientando que os problemas sociais têm-se agravado.

Madeira: Retribuição mínima mensal de 785 euros aprovada na especialidade

O diploma que fixa a retribuição mínima mensal, na Madeira, em 785 euros segue para votação final global. Em breve entrará em vigor na Região.

Madeira: Comissão de inquérito ao favorecimento de grupos económicos e ‘obras inventadas’ tomou hoje posse

Os membros da comissão têm até ao dia 7 de fevereiro para apresentar as propostas de metodologia de trabalho. A primeira reunião foi agendada para o dia 9 de fevereiro, e visa analisar as sugestões dos diferentes partidos na condução dos trabalhos desta comissão que vai investigar o alegado “favorecimento a grupos económicos e ‘obras inventadas’”.
Comentários