Bairrada promove-se em Sangalhos

Este fim-de-semana, entre 30 de setembro e 2 de outubro, (quase) todos os produtores da região podem ser encontrados na quarta edição do “Encontro com o Vinho e Sabores”.

Um evento destinado a promover os vinhos da Bairrada, mas também a gastronomia e os pontos turísticos da região. No programa constam 33 produtores, inúmeras provas livres e três especiais (comentadas por críticos da Revista de Vinhos e que versam sobre espumantes, brancos e tintos). São elas “Bairrada – Três Vindimas de Excelência: 1991, 2001 e 2011’, disponível apenas por inscrição (20 euros); “Bairrada Blend” (em prova quatro vinhos brancos e oito vinhos tintos onde se alterna as castas clássicas com outras menos tradicionais) e “Espumantes de Baga” (onde será provados nove Baga@Bairrada).

A isso há que acrescentar os dois jantares vínicos, organizados pelo EVSB e a cargo da Nova Casa dos Leitões (sexta-feira) e do restaurante Aveiro Salpoente (sábado). Uma forma de perceber os tipos de “casamentos” possíveis com os vinhos da Bairrada.

Evento: Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada 2016

Data: 30 de Setembro a 2 de Outubro

Local: Velódromo Nacional; Centro de Alto Rendimento de Sangalhos

Morada: Rua Ivo Neves, 405, Sangalhos, Anadia

Horários: 17h00 às 22h00 (sexta-feira); 15h00 às 22h00 (Sábado); 15h00 às 20h00 (Domingo)

Entrada: Livre

Preço Copo e Bolsa: €3,00 ou €2,00

Preço Provas Comentadas: €10,00 (Sexta-feira e Domingo); €20,00 (Sábado)

Preço Jantares Temáticos: €35,00, com vinhos incluídos

Reservas: Ana Rita Gonçalves –ritagoncalves@masemba.com ou 215 971 383

Recomendadas

Apoio às famílias pode mitigar desaceleração da economia, prevê Fórum para a Competitividade

O pacote de apoios preparado pelo Governo como resposta à inflação pode mitigar a desaceleração da economia, mas o próximo ano apresenta-se repleto de riscos de desafios. Salários reais devem voltar a cair, prevê o Fórum para a Competitividade.

Goldman Sachs prevê arrefecimento da economia global nas próximas décadas

Com os EUA a perderem gás e a Indonésia a deixar para trás o Brasil e a Rússia, as próximas décadas serão de menor crescimento da economia global – num mundo em que os velhos serão cada vez mais numerosos. É o ‘Global Economics Paper’ para 2075.

Inflação dos produtos alimentares na OCDE nos 16,1% em outubro, máximo desde 1974

A inflação homóloga dos produtos alimentares no conjunto da OCDE atingiu 16,1% em outubro, mais oito décimas de ponto percentual do que em setembro e o nível mais alto desde maio de 1974, foi hoje anunciado.
Comentários