PremiumBanca financia DK Partners na compra dos fundos de reestruturação da ECS

A CGD, o BCP e o Novobanco vão formar um sindicato bancário para dar financiamento de cerca de 60% à DK Partners para comprar os fundos de reestruturação da ECS.

O acordo entre os bancos e a Davidson Kempner Partners (DK Partners) para a venda dos fundos da ECS, por um valor a rondar os 850 milhões de euros inclui financiamento de cerca de 60% do valor, apurou o Jornal Económico.

Os bancos que vão financiar a operação, ainda segundo as mesmas fontes, são a Caixa Geral de Depósitos (CGD), o BCP e o Novobanco. Isto significa que o empréstimo dos bancos poderá ascender a mais de 500 milhões de euros ao compardor dos ativos de imobiliário e turismo que compõem o universo de fundos de reestruturação da ECS.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Crédito à habitação. Governo suspende comissão de amortização antecipada em 2023

O Governo afasta, contudo, um regresso das moratórias no crédito da casa. Uma medida que iria “criar uma ilusão às pessoas de que podemos acabar com o aumento das taxas de juro”, disse o secretário de Estado do Tesouro.

XTB não antevê eclosão de outra crise financeira global com a situação do Credit Suisse

“Na situação atual, a eclosão de outra crise financeira global como consequência do potencial colapso deste banco parece improvável, mas mesmo assim as consequências locais e a curto prazo do futuro questionável do Credit Suisse devem ser tidas em conta”, concluem os analistas da corretora.

Fidelidade reforça posição na seguradora peruana La Positiva para 93,9%

Na sequência de uma OPA, a Fidelidade passou a controlar 93,9% da seguradora e para isso faz um investimento de 396,3 milhões de soles, o equivalente a cerca de 101,2 milhões de euros.
Comentários