Banco de Portugal divulga lista de 11 entidades sem autorização para conceder crédito

O Banco de Portugal divulgou esta sexta-feira uma lista de 11 entidades que não estão habilitadas a conceder, intermediar ou exercer consultadoria de crédito. Saiba quais são.

O Banco de Portugal (BdP) divulgou esta sexta-feira uma lista de 11 entidades que não estão habilitadas a conceder, intermediar ou exercer consultadoria de crédito.

“O Banco de Portugal adverte que os responsáveis pelas páginas ‘web’ e pelos perfis da rede social Facebook infra identificados não estão, na presente data, nem nunca estiveram, habilitadas a exercer, em Portugal, qualquer atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal, nomeadamente, a concessão, intermediação e consultadoria de crédito”, lê-se numa nota hoje divulgada.

Em causa estão as páginas https://sertovi31.com, http://businesspoint.pt/express-cedito-em-portugal, https://www.findglocal.com/PT/Vila-Real-de-Santo-Ant%C3%B3nio/108626844061295/Servi%C3%A7o-Ajuda-Privado, https://www.facebook.com/mariastela.lourenco, https://www.facebook.com/Creditoemportugal01 e https://www.facebook.com/AjudaPortugalMadeira.

A lista hoje divulgada abrange ainda os ‘sites’ https://www.facebook.com/PortugalAjudaRapido, https://www.facebook.com/AjudaFinanceiro, https://www.facebook.com/PortugalAjudaPessoal, https://www.facebook.com/OfertaAjudaGratis e https://www.facebook.com/PortugalFinanciero.

O supervisor financeiro lembrou ainda que as atividades de intermediação e consultadoria de crédito estão destinadas às entidades com autorização para exercê-las, cuja lista pode ser consultada no ‘site’ do BdP e no Portal do Cliente Bancário.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários