Banco de Portugal garante que ação do BCP não suspende nem trava venda do Novo Banco

O BCP avançou com uma ação judicial de apreciação da legalidade do mecanismo de capitalização contingente, ao tribunal administrativo. Mas o Banco de Portugal garante que “a ação junto do tribunal administrativo não tem como objetivo suspender ou travar este processo de venda”.

Mario Proença/Bloomberg

Em comunicado, o Banco de Portugal reagiu à ação jurídica do BCP e possível impacto sobre a venda do Novo Banco.

“Tendo tomado conhecimento da comunicação do BCP, o Banco de Portugal sublinha que não há qualquer alteração no procedimento de venda do Novo Banco, nomeadamente no acordo assinado com o Lone Star e no calendário acordado”, garante o Banco de Portugal que é autoridade da resolução em Portugal responsável pelo Fundo de Resolução.

“O processo de venda do Novo Banco decorrerá dentro dos prazos previstos uma vez que, tal como decorre da informação do BCP, a ação junto do tribunal administrativo não tem como objetivo suspender ou travar este processo de venda”, assegura a entidade liderada por Carlos Costa.

Relacionadas

BCP leva mecanismo de capitalização contingente do Novo Banco a tribunal

BCP avançou esta sexta-feira com uma acção jurídica contra o mecanismo de protecção dos activos problemáticos do Novo Banco previsto no acordo de venda.

PSD quer APB na gestão do Fundo de Resolução

Foi entregue no Parlamento um projecto de resolução e seis projectos de lei para melhorar a supervisão. Maria Luís Albuquerque diz que partido não quer criar “novos lugares”.

Faria de Oliveira lamenta a falta de informações sobre venda do Novo Banco

Faria de Oliveira assinalou ainda a melhoria dos resultados dos bancos que atuam no mercado português no primeiro trimestre, no entanto antecipa que os grandes bancos portugueses ainda vão demorar algum tempo até que voltem a distribuir dividendos aos seus acionistas.
Recomendadas

Morgan Stanley avança com corte de 1.600 empregos

A redução de quadros, dada em primeira-mão pela “CNBC”, afetou cerca de 1.600 dos 81.567 empregados da instituição financeira e tocou a quase todos os cantos do banco de investimento global. O banco está a seguir os seus concorrentes no restabelecimento de um ritual suspenso durante a pandemia: a saída anual de pessoas com fraco desempenho.

BPI Gestão de Ativos pontua em indicador de investimento das Nações Unidas

A organização Princípios para o Investimento Responsável atribuiu à gestora a classificação de cinco estrelas em Investimento e Política de Envolvimento.

Haitong faz aumento de capital de 15,9 milhões para converter DTA

Em consequência, o capital social do banco de investimento passa a ser no montante de 863,3 milhões de euros.
Comentários