Banco de Portugal: taxa de juro média dos novos empréstimos cresceu 2,43% em outubro

Esta percentagem representa um aumento de sete pontos base (pb) face ao mês anterior.

No passado mês de outubro, a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras cresceu 2,43%, representando um aumento de sete pontos base (pb) face ao mês de setembro, de acordo com uma nota informativa divulgada pelo Banco de Portugal esta terça-feira.

As taxas de juro das operações acima de um milhão de euros e das operações abaixo do mesmo valor fixaram-se nos 1,77% e 2,84%, respetivamente, mantendo um diferencial entre as mesmas praticamente inalterado face a setembro.

Em relação às novas operações de crédito a particulares para habitação, a taxa de juro média diminuiu dois pb, para 1,34%, o que perfaz um novo mínimo da série. No crédito ao consumo e para outros fins, as taxas de juro médias foram de 7,22% e 4,19% (7,19% e 3,84% em setembro), respetivamente.

Em outubro, a taxa de juro média dos novos depósitos até um ano de sociedades não financeiras fixou-se em 0,11%, diminuindo dois pb face ao mês anterior. Por sua vez, nos particulares, o valor médio da taxa de juro dos novos depósitos até um ano aumentou um pb, para 0,15%.

Recomendadas

PremiumMontepio suspende projeto para retirar 700 milhões de malparado

Chama-se “Projeto Douro” e pretendia retirar do balanço do banco entre 600 a 700 milhões de imóveis e crédito malparado a grandes empresas. Mas o processo está parado e sem data de retoma.

Laginha de Sousa defende a tributação do carbono para alinhar os incentivos privados com os objetivos sociais

Numa intervenção nas ESG Talks, o ainda administrador do Banco de Portugal e futuro presidente da CMVM, Luís Laginha de Sousa, citou um estudo recente da consultora McKinsey, que constata que mais de 90% das empresas do S&P 500 publicam atualmente algum tipo de relatório sobre sustentabilidade ESG. 

Fundação Santander lança mil bolsas para curso de negócios digitais

A Fundação Santander lançou mil bolsas que dão acesso ao curso Digital Business Development do Técnico+ Formação Avançada, unidade de pós-graduação do Instituto Superior Técnico.
Comentários