Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Os bancos comerciais da zona euro vão devolver ao Banco Central Europeu (BCE) um montante adicional de 447.485 milhões de euros (447,5 mil milhões) em liquidez a taxas de juro baixas a três anos porque a instituição alterou as condições. O BCE disse hoje que o reembolso antecipado será liquidado em 21 de dezembro.

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Os bancos comerciais tiveram de notificar o seu banco central nacional até às 17h00 do dia 7 de dezembro, o mais tardar, dos montantes a serem reembolsados antecipadamente. Estes montantes são vinculativos, uma vez comunicados ao banco central.

Entre setembro de 2019 e dezembro de 2021, o BCE emprestou aos bancos liquidez a três anos a taxas de juro muito baixas, mesmo negativas, para que estes pudessem emprestar rapidamente à economia real, às empresas e às famílias, e assim impulsionar o crescimento económico, especialmente durante a pandemia.

Mas agora quer que os bancos devolvam os empréstimos muito baratos e, para o fazer, agravou as condições das operações.

O BCE começou a aumentar as taxas de juro em julho, aumentou-as novamente em setembro e outubro e deverá voltar a fazê-lo em dezembro.

As taxas de juro do BCE situam-se agora em 2% e a facilidade de depósito, através da qual a instituição remunera os depósitos dos bancos a um dia, em 1,50%.

Recomendadas

EBA lança teste de stress de 2023 para a banca e usa o mais severo de sempre dos cenários adversos

O teste de stress a nível da UE será conduzido numa amostra muito maior em comparação com anos anteriores, abrangendo 70 bancos da UE e 75% do total dos activos bancários na UE. Em termos de queda do PIB, o cenário adverso de 2023 é o mais severo utilizado até à data em toda a UE nos testes da banca.

Arranca Prémio Investigação ASF com foco no Direito e Humanidades

Incentivar a produção de trabalhos de investigação científica de elevado valor para o desenvolvimento dos mercados nacionais dos seguros e dos fundos de pensões é o objetivo do prémio, cujo vencedor será conhecido em julho.

Bancos amortizam antecipadamente pagamento dos LTRO ao BCE no valor de 25 mil milhões

O Banco de Portugal detalha que “após dois anos de aumentos sucessivos do financiamento concedido pelo Eurosistema, em 2022, as subidas das taxas de juro pelo BCE levaram vários bancos a amortizar antecipadamente os montantes obtidos através das operações de refinanciamento”.
Comentários