Bankinter expande Fundação Inovação para Portugal

O projeto ‘Empreendedores’ é um dos quatro programas da Fundação Inovação e tem um fundo para investimento em startups.

O Bankinter estendeu a atividade da sua Fundação Inovação, para Portugal, que evolui em torno dos projetos ‘Future Trends Forum’, ‘Akademia’, ‘Empreendedores’ e ‘Cre100do.es’. Para estes quatros programas, a instituição conta com um grupo “think tank” (organizações ou instituições que atuam no campo dos grupos de interesse) de 400 especialistas dedicado à antecipação de tendências de inovação e ao impacto na sociedade e nos modelos de negócio.

O projeto ‘Empreendedores’, focado no fomento da inovação e apoio aos empreendedores, tem um fundo para investir em startups. “Com a chegada do Bankinter a Portugal, a Fundação irá alargar a sua ação, procurando contribuir, decididamente, para o país através de um apoio de diversas formas ao empreendedorismo e à inovação”, refere Carlos Brandão, presidente executivo do Bankinter em Portugal. Um dos principais focos da Fundação é “impulsionar a criação de riqueza sustentável através da inovação e do empreendedorismo”.

Recomendadas

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.

PremiumPortugal Ventures passa de prejuízo a lucro de 12 milhões

A sociedade do grupo Banco Português de Fomento registou um aumento de 45% na valorização da carteira de capital de risco, em relação a 2020, o que explicou os resultados líquidos positivos.

Comparadora de seguros HelloSafe recebe mais quatro milhões para expandir em Portugal

“Este financiamento irá apoiar a nossa ambição de nos tornarmos a plataforma internacional número um em Portugal para comparar produtos financeiros e de seguros”, diz Oleksiy Lysogub, cofundador da empresa canadiana. ‘Insurtech’ vai contratar 40 pessoas.
Comentários