PremiumBayer escolhe startup de Óbidos para inovar na saúde digital

Hopecare venceu a sétima edição do concurso STEM4Health e quer chegar ao mercado alemão com a ajuda do grupo farmacêutico. Diretor da Bayer em Portugal diz ao JE que a empresa tem “potencial”.

A farmacêutica alemã Bayer vai, durante os próximos oito a doze meses, trabalhar lado-a-lado com os fundadores da Hopecare, uma startup de Óbidos que desenvolveu uma plataforma digital que permite aos profissionais de saúde darem assistência e fazerem triagem clínica e monitorização de sinais vitais de doentes crónicos.

A empresa portuguesa receberá mentoria e ficará no radar do grupo para um investimento, depois de ter vencido a sétima edição do concurso de inovação e empreendedorismo em saúde digital STEM4Health, que terminou na semana passada com um encontro entre entusiastas por telehospitais, em Carnaxide. E foi no meio dos “healthtechers” que o Jornal Económico (JE) encontrou o managing director da Bayer em Portugal, a quem admitiu que “Portugal é um mercado que cresce muito rápido”. “A Bayer quer ter uma parcela significativa deste mercado, sendo que 1% ou 2% já é bastante. Vejo que há um ecossistema de empreendedorismo forte e um sistema bastante aberto para acolher a saúde digital”, disse Marco Dietrich.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.
Comentários