PremiumBCE alerta para riscos “claramente negativos” de curto-prazo

A inflação continuará elevada, obrigando a novas subidas dos juros diretores, e o fenómeno é motivado pelas dificuldades na oferta, mas também por procura mais forte após a pandemia. Diferença na inflação real entre famílias pobres e ricas está em máximos de 2006.

O Banco Central Europeu (BCE) alerta para os riscos “claramente negativos” para a economia europeia no curto-prazo, com a inflação a permanecer demasiado elevada e uma esperada quebra da atividade económica a castigarem sobretudo as famílias de mais baixos rendimentos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

EUA incluem Irão, grupo Wagner e talibãs na lista negra de liberdade religiosa

O Governo dos Estados Unidos anunciou hoje a sua ‘lista negra’ de países e organizações que atentam contra a liberdade religiosa, nela incluindo Cuba, China, Irão, Rússia, o grupo Wagner e os talibãs, entre outros.

Crise/Energia: Desconto no ISP reduz-se em dezembro com queda dos preços dos combustíveis

O Ministério das Finanças anunciou hoje que em dezembro há uma redução do desconto do ISP em 3,9 cêntimos por litro de gasóleo e em 2,4 cêntimos por litro de gasolina, tendo em conta a queda dos preços.

PremiumEmpresários pedem “velocidade” nos dossiers da economia e turismo

Confederações de empresários da indústria e de turismo agradecem aos secretários de Estado demissionários e esperam que os novos continuem o trabalho já realizado, concretizando planos anunciados.
Comentários