BCE confirma Luís Ribeiro como administrador do Novo Banco

Este é o administrador com a área comercial de retalho que já estava em funções na Comissão Executiva liderada por António Ramalho, e cuja avaliação estava em curso no BCE. O Novo Banco vai ainda ter um novo CFO, o irlandês Mark Bourke, e Jorge Cardoso fica com a área de banca de investimento.

Cristina Bernardo

O Novo Banco enviou um comunicado à CMVM onde informa que o BCE (supervisor bancário) “confirma a nomeação de Luís Miguel Alves Ribeiro como membro do Conselho de Administração Executivo do Novo Banco para o mandato em curso, o qual entrou assim em funções”.

Este é o administrador com a área comercial de retalho que já estava em funções na Comissão Executiva liderada por António Ramalho, e cuja avaliação estava em curso no BCE.

Para além desta confirmação, a administração vai ter uma alteração no próximo ano. Mark Bourke CFO – administrador financeiro – do Allied Irish Banks (AIB) desde abril de 2014 aceitou o convite do Lone Star para a administração do Novo Banco e deverá iniciar funções em janeiro de 2019.

Mark Bourke vai ser chief financial officer (CFO), que hoje cabe a Jorge Cardoso que ficará na administração com a área de banca de investimento.

 

 

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários