PremiumBCE decide maior subida de juros, mas sem recessão à vista

O aumento de 75 pontos base nos juros diretores assenta na atualização em alta da projeção de crescimento para este ano, que o BCE prevê agora que chegue a 3,1%. Vários analistas considerem esta previsão otimista, mas destacam a necessidade de agir quanto à inflação.

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu, ontem, a maior subida dos juros diretores na história da zona euro, aumentando as taxas de referência em 75 pontos base (pb) perante uma inflação que continuou a subir em agosto, chegando aos 9,1%.

As estimativas macroeconómicas da autoridade monetária para este ano também foram revistas em alta, tanto no crescimento, como na inflação, e a presidente do BCE, Christine Lagarde, reforçou que os juros devem continuar a subir nas próximas reuniões do banco.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Valentine Low relata que uma das funcionáriasque trabalhava para Meghan foi agredida verbalmente “sem razão aparente” pela duquesa poucos dias antes do casamento

Premium1828, a revolução das carnes

Provavelmente, estas são as melhores carnes do mundo e podem ser degustadas no Steak house 1828, um dos 12 espaços de restauração que constituem a oferta gastronómica diversificada do WOW – World of Wine, em Vila Nova de Gaia.

PremiumMudar o sector alimentar para atingir metas de carbono zero

Mesmo que todas as emissões nocivas fossem imediatamente interrompidas, as emissões do sistema alimentar global seriam suficientes para elevar o limite de subida da temperatura global em 1,5°C graus.
Comentários