BCP afasta descida nas comissões porque “preços estão adequados aos serviços prestados”

“Cria-se a ideia de que os juros sobem e as comissões caem. Não é assim”, afirma Miguel Maya, CEO do BCP, notando que “o banco não perspetiva nenhuma baixa das comissões”, uma vez que “os preços estão adequados aos serviços prestados”.

Miguel Maya considera que os preços cobrados pelos serviços prestado pelo banco são adequados. Nesse sentido, o presidente executivo do BCP não prevê que haja uma descida nas comissões que os clientes têm de pagar.

“Cria-se a ideia de que os juros sobem e as comissões caem. Não é assim”, começou por dizer Maya aos jornalistas, na apresentação dos resultados para o primeiro semestre, quando o banco obteve lucros de 74,5 milhões de euros.

De acordo com o banqueiro, “o banco não perspetiva nenhuma baixa das comissões”, uma vez que “os preços estão adequados aos serviços prestados”. O BCP “também paga mais pela luz, combustíveis. O banco também sente a inflação”, referiu.

As comissões líquidas do BCP aumentaram 9,8% no primeiro semestre de 2022, face aos 352,9 milhões de euros registados nos primeiros seis meses de 2021, ascendendo a 387,6 milhões de euros. Um desempenho favorável que se verificou sobretudo na atividade em Portugal, onde as comissões cresceram 12,1% para 277,2 milhões de euros.

“Em termos consolidados, assistiu-se a uma melhoria generalizada dos vários tipos de comissões, refletindo em larga medida a progressiva normalização da atividade económica”, afirma o banco liderado por Miguel Maya no comunicado divulgado esta quarta-feira.

O BCP, tal como as outras instituições financeiras, tem aumentado os custos de alguns serviços que presta. Desde junho que o banco deixou cair alguns dos critérios para se ter acesso à isenção na comissão de manutenção de conta. Se, antes, os clientes do banco que usavam os cartões de crédito e de débito para fazerem compras conseguiam escapar a este encargo, esta “borla” passou a ser aplicada apenas aos mais jovens mas também a quem tem reformas mais baixas, desde que se trate da conta principal.

Recomendadas

Sindicato denuncia que administração da Caixa quer fechar mais 23 agências (com áudio)

O banco estatal registou lucros de 486 milhões no primeiro semestre de 2022. Sindicato recorda que a CGD já encerrou mais de 300 agências em Portugal.

Banco do Brasil regista lucro recorde no primeiro semestre

O banco público, cujas ações são negociadas na bolsa de São Paulo, atribuiu o seu resultado histórico semestral ao salto na carteira de empréstimos graças à recuperação económica a que o país tem assistido até agora este ano.

Autoridade da Concorrência de Itália aplica multa de 5 milhões à Generali e UnipolSai

A AGCM acusou as duas empresas de “conduta enganosa e agressiva” por “atenderem tardiamente, no que se refere aos prazos estabelecidos pela regulamentação do setor, a inúmeras instâncias” apresentadas por clientes.
Comentários