BCP aprova negociações com a Fosun

Vão ser iniciadas negociações da comissão executiva do BCP com a Fosun e até ao fim deste mês haverá nova reunião “logo que sejam esclarecidos aspectos relativos às condições [de entrada dos chineses]”.

Cristina Bernardo

A comissão executiva do BCP vai avançar com as negociações com os chineses da Fosun e até ao fim de setembro deverão estar esclarecidos aspetos relativos às condições de entrada nos ativos do banco.

O BCP informou o mercado que o seu Conselho de Administração analisou, em reunião ocorrida hoje, uma recomendação da sua Comissão Executiva do passado dia 30 de Julho, tal como já tinha sido avançado pela imprensa.

Em comunicado enviado à CMVM os responsáveis do banco esclarecem que “o Conselho de Administração do BCP apreciou positivamente o interesse demonstrado pela Fosun e debateu linhas gerais do que poderão vir a ser os termos do investimento, tendo solicitado à Comissão Executiva que aprofunde as negociações, e que, logo que sejam esclarecidos os aspectos relativos às condições precedentes já identificadas no comunicado”.

Neste sentido, a Comissão Executiva liderada, por Nuno Amado, vai iniciar negociações com os representantes da Fosun. Vão agora negociar ajustamentos à proposta inicial, datada de 30 de Julho, e que já foi feita tendo em conta conversas preliminares com o BCP, segundo soube o Económico.

Logo que sejam esclarecidos os aspectos relativos às condições de entrada da Fosun, a Comissão Executiva do BCP deve solicitar “a imediata convocação de nova reunião do Conselho de Administração, a qual deverá ocorrer sempre antes do final do corrente mês de Setembro”.

 

 

 

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Complemento excecional a pensionistas: SNQTB remeteu nova carta ao Primeiro-Ministro

Depois do OE2023 ter sido aprovado o Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários diz que “o Partido Socialista mantém a injustiça em relação aos bancários reformados que foram indevidamente excluídos da atribuição do complemento excecional a pensionistas”.

Sete bancos lucraram dois mil milhões até setembro, mais 71% do que no período homólogo

Os lucros dos sete maiores bancos – Caixa Geral de Depósitos, BCP, Novobanco, Santander Totta, BPI, Crédito Agrícola e Banco Montepio somam 2.006,3 milhões de euros até setembro deste ano, o que compara com um valor de 1.172 milhões nos nove meses do ano passado. O que significa que os lucros dos sete bancos cresceram 71,2%.
Comentários