BCP e Galp pressionam ganhos na bolsa portuguesa

Os investidores da bolsa portuguesa mostram-se reticentes no dia em que o Fundo Monetário Internacional (FMI) volta a Portugal para revelar os resultados da sexta avaliação das vulnerabilidades e riscos da economia nacional.

Stringer/Reuters

O principal índice português abriu sessão esta segunda-feira em terreno negativo. O PSI 20 negoceia a cair ligeiramente 0,01% para os 5.380,51 pontos, em sentido contrário ao sentimento das praças europeias.

Entre os ‘pesos pesados’, o BCP e a Galp são as cotadas que mais caem. O banco liderado por Nuno Amado cai 0,84% para os 0,259 euros. Já a Galp perde 0,29% para is 15,700 euros.

A cair também está a Jerónimo Martins, que recua 0,09% para os 16,360 euros.

Em contraciclo está o setor da energia. A EDP ganha 0,07% para os 2,908 euros, a EDP Renováveis sobe 0,21% para os 6,741 euros e a REN avança 0,20% para os 2,512 euros.

A subir estão também a Sonae (0,46%), a NOS (0,16%), a Semapa (0,21%) e a Altri (1,41%).

O alemão DAX ganha 0,24%, o francês CAC 40 sobe 0,18%, o espanhol IBEX 35 avança 0,28%, o italiano FTSE MIB valoriza 0,12%, o holandês AEX soma 0,20% e o britânico FTSE 100 segue em a subir 0,13%.

Os investidores da bolsa portuguesa mostram-se reticentes no dia em que o Fundo Monetário Internacional (FMI) volta a Portugal para revelar os resultados da sexta avaliação das vulnerabilidades e riscos da economia nacional. Esta quinta-feira é divulgada apenas uma parte do relatório do FMI, sendo que a versão completa apenas será conhecida em fevereiro.

A marcar o dia estão também a divulgação de dados do gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), Eurostat, sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) sa Zona Euro no terceiro trimestre. Os analistas acreditam que a Zona Euro tenha registado um crescimento de 2,5%, face ao período homólogo.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publica também esta quinta-feira a Conta Satélite do Turismo para Portugal relativa a 2014/2015.

 

Recomendadas

Wall Street abre a negociar no ‘verde’. Nasdaq que soma mais de 1,50%

A bolsa de Nova Iorque abre em “sintonia com o sentimento positivo nas congéneres europeias” fruto “da leitura preliminar das encomendas de bens duradouros”.

Bolsa de Lisboa segue sessão no ‘verde’ com apenas duas cotadas em terreno negativo

As principais bolsas europeias estão em terreno misto, com o DAX (Alemanha) a valorizar 0,79%, o CAC 40 (França) a ganhar 0,76% e o IBEX 35 (Espanha) a crescer 0,22%, enquanto o FTSE 100 (Reino Unido) desvaloriza 0,10%.

Bolsa de Lisboa abre em alta numa manhã positiva para os mercados europeus

O PSI iniciou a sessão desta terça-feira em terreno positivo, estando a ganhar 1,29% para 5.485,53 pontos numa manhã serena para a generalidade das praças europeias. A Greenvolt e a Altri estão em destaque esta manhã ao valorizarem, respetivamente, 1,77% para 8,61 euros e 2,42% para 5,12 euros. Ainda no mercado energético, a Energias de […]
Comentários