PremiumBdP e CFP alertam Governo para baixa execução de fundos europeus

A presidente do Conselho das Finanças Públicas (CFP) disse esta semana que os níveis de execução do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) “são muito inferiores ao que seria expectável” e manifestou dúvidas sobre o alcance estrutural do programa.

Nazaré da Costa Cabral, presidente do Conselho de Finanças Públicas | Cristina Bernardo

O alerta de Nazaré Costa Cabral no Parlamento junta-se ao aviso, da véspera, do governador do Banco de Portugal (BdP) ao afirmar que o investimento financiado por fundos europeus é “dramaticamente baixo”. A execução do PRR, que está ainda apenas pelos 6%, foi uma das questões colocadas à presidente do CFP pelos deputados durante uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças, nesta quarta- feira, no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), onde Nazaré Costa Cabral avançou que os dados de execução fornecidos pela estrutura Missão Recuperar Portugal, bem como os que se encontram no sistema integrado orçamental, levam a concluir que “são níveis, de facto, de execução que são muito inferiores ao que seria expectável, pelo menos uma taxa de materialização efectiva de despesa”.

Leia o artigo na íntegra na edição do NOVO que está, este sábado, dia 12 de novembro, nas bancas.

Recomendadas

PremiumEUA e zona euro vão ter uma “aterragem dura” na pista da recessão no próximo ano

A subida das taxas de juro para controlar a inflação vai ter forte impacto na economia em 2023. Alemanha afunda acima da média, com China a crescer acima do previsto.

PremiumJoão Caiado Guerreiro: “Os vistos gold têm sido extremamente positivos para o país”

Área de Imigração deverá continuar a ser das mais dinâmicas da Caiado Guerreiro, apesar do anunciado fim dos vistos ‘gold’. Processo para cobrar cinco milhões de euros em honorários à Pharol vai a julgamento em fevereiro.

Custo de cabaz alimentar de bens básicos aumentou 21% para adultos num ano, diz BdP

O banco central revela que entre outubro de 2021 e outubro de 2022, o custo mensal médio e mediano de um cabaz básico de consumo alimentar para um adulto com cerca de 40 anos aumentou 21% e 24%, respetivamente.
Comentários