Financiamento das administrações públicas desce em outubro

No acumulado dos 10 primeiros meses do ano, o financiamento das administrações públicas foi de menos 5,8 mil milhões de euros, em termos homólogos, de acordo com os dados revelados esta quinta-feira pelo Banco de Portugal.

O financiamento das administrações públicas baixou no passado outubro, comparativamente ao mesmo mês de 2017, de acordo com os dados revelados esta quinta-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

Entre janeiro e outubro deste ano, o financiamento das administrações públicas foi de 1,3 mil milhões de euros, valor inferior aos 5,8 mil milhões de euros registados em igual período de 2017.

No acumulado dos 10 primeiros meses de 2018, “as administrações públicas financiaram-se junto de residentes (exceto bancos) em 2,2 mil milhões de euros. Em contrapartida, o financiamento das administrações públicas junto de bancos residentes foi de -0,8 mil milhões de euros”, refere o banco central.

No mesmo boletim estatístico, divulgado esta manhã, o supervisor das instituições bancárias nacionais assinala também que o “financiamento através de títulos situou-se em 8,1 mil milhões de euros, valor que mais do que compensou a redução do financiamento de 6,7 mil milhões de euros em empréstimos líquidos de depósitos”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.

Euribor sobem a três, seis e 12 meses para novos máximos de quase 14 anos

As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses.

Maioria dos europeus tem hoje maior dificuldade em fazer face às despesas mensais

O disparo dos preços tem levado as famílias europeias a ter maior dificuldade em equilibrar o orçamento mensal. Não há dados específicos para Portugal, mas também cá os salários reais têm caído e o poder de compra emagrecido.
Comentários