Belas Clube de Campo. Clientes estrangeiros pesam 60% das vendas

Das vendas feitas no empreendimento ‘Lisbon Green Valley’, 60% dizem respeito a clientes do mercado estrangeiro. Com as alterações aos vistos gold no início de 2022, a promotora criou um conjunto de soluções para captar este tipo de investidores.

Com o aproximar das alterações ao regime dos golden visa programadas para o início de 2022, o Belas Clube de Campo, empreendimento gerido pelo André Jordan Group, criou um conjunto de soluções de investimento para captar clientes do mercado internacional.

Em Portugal, dos cerca de seis mil milhões de euros investidos para obter uma autorização de residência, 90,4% foram para a compra de imóveis, sendo que no que toca ao empreendimento Lisbon Green Valley, do Belas Clube de Campo, 60% dizem respeito a clientes do mercado estrangeiro, dos quais 30% através do regime dos golden visa.

A solução de investimento designada por ‘Golden Visa Ready‘ vai disponibilizar apartamentos e lotes para construção de moradias, com possibilidade de escritura imediata até ao final deste ano.

Os preços começam a partir dos 325 mil euros, sendo que para apartamentos de tipologia T1 com jardim e piscina privativa atingem os 500 mil euros, chegando aos 570 mil euros para apartamentos de tipologia T2 com varandas e vistas, estando também disponíveis lotes de terreno para a construção de moradias a partir dos 520 mil euros.

Em termos de nacionalidades, os mercados do Brasil e Reino Unido são aqueles que têm registado uma maior procura, sendo que este empreendimento conta já com mais de 30 nacionalidades.

Gilberto Jordan, Presidente Conselho de Administração da Planbelas, destaca a vontade de querer “continuar a contribuir para a captação de investimento internacional em Portugal e, para isso, desenvolvemos esta estratégia, que visa assegurar as melhores condições aos compradores que queiram investir em imobiliário até ao final deste ano”.

Relacionadas

Belas Clube de Campo investe 30 milhões de euros em 50 novas habitações

Oferta contempla 35 apartamentos e 15 townhouses com tipologias que variam entre o T0 e T5 e valores que vão desde os 305 mil euros ao 1,2 milhões de euros.
Recomendadas

Procura por quartos aumenta cerca de 50% em comparação ao ano passado

Segundo a Imovirtual “desde junho de 2021 até ao presente, existem dois grandes picos de procura, que ocorrem no início de setembro de 2021 e no início de setembro de 2022”.

Volkswagen Financial Services cria novo hub tecnológico em Matosinhos com apoio da CBRE

A CBRE, consultora na prestação de serviços para o sector imobiliário, acaba de fixar o novo hub tecnológico da Volkswagen Financial Services no Lionesa Business Hub, em Leça do Balio, no concelho de Matosinhos. As instalações da empresa alemã ocupam um total de 1.100 metros quadrados.

Preços da habitação aumentaram 13,2% no segundo trimestre e atingem recorde

No trimestre de referência, investidores não residentes foram responsáveis por 6,4% do número total de transações (2.783 habitações), correspondendo a 11,9% do valor total transacionado. Nesta procura, a categoria União Europeia correspondeu a 3,6% e os restantes países a 2,8%. 
Comentários