“Benefícios sociais são essenciais para motivar e reter talento”

Personalização dos benefícios extrassalariais é uma questão essencial para aumentar a motivar os trabalhadores e a captação de talentos. Escolha deve atender às diferenças no ecossistema laboral.

A Edenred tem vindo a apostar cada vez mais na diversificação de produtos e serviços disponibilizados às empresas para garantir a captação de talentos e aumentar o employer brand. A perceção de que os benefícios extrassalariais não funcionam de igual forma para todos os clientes é, segundo o CEO da Edenred Portugal, Borochovicius Mauro, uma questão importante a ter em conta na hora de escolher a melhor forma de compensar os colaboradores das empresas.

Enquanto uns valorizam mais os cartões de refeição, outros preferem que as empresas lhes proporcionem oportunidades de estender a sua formação a outras áreas ou competências ou lhes ofereçam títulos de benefícios extrassalariais que abranjam a família, como é o caso dos subsídios de creche e infãncia. O valor dos benefícios sociais oferecidos varia também consoante as necessidades de cada colaborador, que são distintas, e que vai depender da quantia que as empresas estão dispostas a dar a dada colaborador. Por norma, os benefícios centram-se em quatro  áreas de atuação: refeição, infãncia, educação e formação e incentivos e recompensa. Mas a Edenred, que se assume como líder mundial em soluções transacionais, tem vindo a expandir horizontes para que as empresas possam dar resposta ao desafio da diversificação, sob a máxima de que one size doesn’t fit all (um tamanho não serve a todos, em português). A empresa, que tem como core business os benefícios extrassalariais, não revela  em que benefícios tem vindo a trabalhar e o que irá lançar num futuro próximo, mas garante que as novidades vão ter sempre como objetivo primordial a capitalização  dos benefícios extrassalariais que estimulam a relação da empresa com os seus trabalhadores. Em França, onde o grupo Edenred tem sede, já se está a trabalhar nisso e Borochovicius Mauro garante que em breve as novidades chegarão também a Portugal. O país tem vindo a investir cada vez mais nestes mecanismos de compensação e motivação dos trabalhadores, mas   os especialistas reconhecem que ainda há um longo caminho pela frente no que toca à diferenciação para que os benefícios extrassalariais oferecidos possam ir de encontro às necessidades de todos os colaboradores.

Por que razão é que os benefícios extrassalariais são cada vez mais importantes em contexto laboral?

O crescente carácter social dos títulos de benefícios sociais tem um papel preponderante no sucesso das empresas. Por um lado, a adoção desses títulos permite-lhes otimizar custos devido às vantagens fiscais sustentadas pela atual legislação. Por outro lado, esses títulos permitem alavancar a sua política de benefícios sociais, hoje indispensável para a motivação e retenção de talentos nas empresas, independentemente da sua dimensão ou setor de atividade.

De que forma é que isso esses benefícios que verificam em termos de procura por parte das empresas?

São cada vez mais, as organizações que, compreendendo o enquadramento legal deste tipo de soluções e todas as vantagens associadas à sua adoção, desenvolvem e implementam novas políticas de benefícios sociais para os seus colaboradores assentes nessas soluções, sem necessidade de repensarem parcial ou totalmente a sua matriz salarial e aumentando simultaneamente, a retribuição mensal dos seus colaboradores. A Edenred Portugal tem sido um importante stakeholder para todas as organizações que, nos últimos anos, têm apostado nessas políticas. Líder mundial em soluções transacionais, a Edenred Portugal conta com um portefólio diversificado de produtos com benefícios sociais e soluções de “Incentivos e Recompensas”.

Que produtos e serviços, nesta área, a Edenred proporciona às empresas?

Atualmente, disponibilizamos um conjunto de soluções, no qual se inclui, o cartão Refeição mais utilizado em Portugal: o Euroticket Refeição, que conta já com meio milhão de utilizadores ativos no mercado nacional; o Euroticket Creche, uma solução de apoio à Infância, o Euroticket Estudante, de apoio à Educação e o Euroticket Formação, de apoio à Formação Superior ou Extra-Curricular. Além destes benefícios extrassalariais, disponibilizamos ainda o Cheque Automóvel e o Compliments que permitem premiar, incentivar e recompensar a performance, o compromisso ou a relação entre colaboradores, clientes ou parceiros de negócio.

Em que outros benefícios extrassalariais tem vindo a Edenred a trabalhar?

Apesar destes benefícios estarem no nosso ADN e serem o core business, pelo qual a Edenred é reconhecida, não paramos de inovar e queremos ser pioneiros no lançamento de soluções exclusivas capazes de simplificar a vida dos profissionais de RH, capacitar a vida dos colaboradores e acrescentar valor às empresas e aos parceiros desta landscape. Neste momento, estamos a diversificar o nosso portefólio e a desenvolver novas soluções, pelo que, os próximos meses serão pautados por muitas novidades, quer a nível da oferta, quer a nível dos serviços complementares.

Há algum lançamento previsto para breve em Portugal?

Sem querer levantar muito o véu, posso já adiantar que todos estes lançamentos serão inovadores e diferenciadores, e terão por base os valores da marca Edenred: Paixão pelos clientes, respeito, imaginação, simplicidade e espírito empreendedor. Ao longo dos últimos 50 anos, o Grupo Edenred tem vindo a desenvolver um forte investimento no segmento dos Benefícios Extrassalariais e a capitalizar sobre a sua experiência de mercado e, Portugal não é exceção.

Recomendadas

Empresas reafirmam investimento contra riscos cibernéticos

A cibersegurança é uma prioridade para as empresas. O reforço do investimento na proteção de contra ataques mantém-se apesar da conjuntura atual marcada pela subida dos custos. 

Equinix cria fundo solidário de 50 milhões para promover a inclusão digital

A empresa de tecnologia norte-americana criou uma nova estrutura de apoio educativo. O conselho de administração da fundação irá, todos os anos, determinar o montante de doações da fundação, de modo a cobrir a concessão de contribuições ou a correspondência com as ofertas dos colaboradores.

Tecnológica portuguesa Innowave compra Cycloid

Desde 2018 que o grupo tem uma forte estratégia de M&A. “Esta aquisição é mais um passo na nossa estratégia de crescimento, materializada também na criação de centros de competência em Portugal, como é o caso de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Beja”, afirmou o CEO da Innowave, Tiago Gonçalves.
Comentários