Benfica SAD com lucro de 14,2 milhões

A Benfica SAD apresentou em 2013/2014 um resultado líquido consolidado positivo de 14,2 milhões de euros, uma melhoria de 24,6 milhões de euros face ao prejuízo registado no período homólogo. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD “encarnada” realça que “o desempenho representa um importante contributo para o equilíbrio […]

A Benfica SAD apresentou em 2013/2014 um resultado líquido consolidado positivo de 14,2 milhões de euros, uma melhoria de 24,6 milhões de euros face ao prejuízo registado no período homólogo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD “encarnada” realça que “o desempenho representa um importante contributo para o equilíbrio económico da Benfica SAD, baseado no crescimento das receitas operacionais, na presença assídua na Liga dos Campeões e na obtenção de ganhos com a alienação de direitos de atletas”.

De acordo com a nota, o resultado operacional consolidado (incluindo transações de atletas) “ascendeu a um valor positivo de 33,5 milhões de euros, o que reflete um acréscimo de 374% face aos 7,1 milhões de euros alcançados no período transato e representa o quarto período consecutivo com resultados operacionais positivos”.

A SAD “encarnada” realça igualmente que os rendimentos operacionais consolidados (excluindo transações de atletas) ultrapassaram os 105 milhões de euros, destacando o facto de pela primeira vez estes superarem a barreira dos 100 milhões de euros, o que, segundo o Benfica foi impulsionado “pela implementação do novo modelo de ecploração dos direitos televisivos, que gerou receitas brutas que ascenderam a 28,1 milhões de euros”.

É revelado ainda que os rendimentos totais consolidados da Benfica SAD atingiram os 184,7 milhões de euros, o que representa um crescimento de 27,4% face aos 145 milhões de euros apresentados no período transato, tendo sido explicado que esta variação foi alicerçada no acréscimo resultante do novo modelo de exploração dos direitos televisivos já referidos e no aumento dos rendimentos gerados com transações de atletas.

O comunicado adianta que o ativo consolidado equivale a 440,7 milhões de euros, verificando-se um aumento de 5,8% face ao valor do período homólogo, enquanto o passivo consolidado da Benfica SAD corresponde a 449,1 milhões de euros, o que representa um aumento de 2% face ao final do período homólogo.

OJE/Lusa

Recomendadas

OE2023: Margem orçamental para função pública está esgotada

Na primeira reunião, realizada na segunda-feira, o Governo indicou que a valorização da administração pública iria custar 1.200 milhões de euros, incluindo aumentos salariais, progressões e promoções e a revisão da tabela remuneratória.

PremiumBdP revê inflação em alta, mas pico já deverá ter passado

Banco central projeta taxa de 7,8%, a mais elevada desde 1993 nos preços, levando a perdas reais nos salários, que crescem a uma taxa mais baixa. Juros em alta não devem criar terramoto na dívida.

PremiumSalário mínimo da Função Pública vai subir 57 euros

A base remuneratória da Administração Pública vai subir 8% em janeiro, o que significa que esses trabalhadores não perderão poder de compra. Já a maioria dos demais funcionários públicos vai ter aumentos abaixo da inflação.