BFA paga 29,2 milhões de euros de dividendos de 2014 ao BPI

Foi hoje comunicado pelo banco liderado por Fernando Ulrich, que o banco central de Angola autorizou o pagamento dos dividendos do BFA referentes a 2014. O que soma aos que já tinham sido autorizados referentes a 2015.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

Contas acertadas entre Angola e o BPI. Foi comunicado que o Banco BPI recebeu hoje, dia 15 de dezembro, a confirmação da transferência para Portugal dos dividendos do BFA relativos ao exercício de 2014  foi autorizada pelo Banco Nacional de Angola. O montante em causa é de 29,2 milhões de euros.

Na passada terça-feira o BNA tinha dado luz verde ao pagamento de 36,9 milhões de euros ao BPI – referente aos dividendos de 2015 do BFA.

Estes pagamentos faziam parte do acordo assinado entre o BPI e a Unitel a 7 de outubro, e deveriam, ter sido pagos até ao dia 9 de dezembro.

 

Recomendadas

“Angola representa uma oportunidade para os nossos acionistas”, afirma CEO do Access Bank

“Angola representa uma oportunidade para os nossos acionistas participarem no que acreditamos que irá gerar um valor mais forte à medida que África vai emergindo”, explicou Herbert Wigwe, CEO da Access Holding Pics, numa entrevista exclusiva para a Forbes África Lusófona.

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.
Comentários