Biodiversidade: Ren e Life Elia parceiras

A Ren acabou de assinar um acordo de parceria com a LIFE Elia para o Sul da Europa, com o objetivo de promover e implementar a criação de corredores verdes em áreas florestais atravessadas pela REN. A temática é particularmente relevante num momento em que se discutem a nível nacional e global, as alterações climáticas […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Ren acabou de assinar um acordo de parceria com a LIFE Elia para o Sul da Europa, com o objetivo de promover e implementar a criação de corredores verdes em áreas florestais atravessadas pela REN.

A temática é particularmente relevante num momento em que se discutem a nível nacional e global, as alterações climáticas e a sustentabilidade das alternativas energéticas.

Na prática, as empresas vão partilhar conhecimento no domínio da gestão da vegetação das faixas de proteção das linhas de transporte de eletricidade. As duas organizações vão trocar informação sobre mapeamento, estabelecimento de acordo com proprietários dos respetivos terrenos, estratégias e técnicas de rearborização e restauro de ecossistemas, planeamento de gestão da vegetação a médio e longo prazo e divulgação de boas práticas no setor.

A REN contribuirá para o manual de referência sobre “gestão da vegetação nas faixas de proteção das linhas elétricas” que o LIFE Elia vai produzir. Aquela informação será particularmente relevante na elaboração dos capítulos do manual dedicados à região mediterrânica. Em causa estão os riscos de incêndio florestal, às espécies de rápido crescimento e ao controlo de espécies exóticas invasoras.

No âmbito da parceria será também definida uma agenda para a implementação de locais-piloto em Portugal para a implementação do projeto.

O que é o LIFE Elia?

O projeto LIFE Elia visa a criação de corredores verdes sob linhas áreas de transporte de eletricidade. O projeto é cofinanciado pela Comissão Europeia, pela Elia (Operador do Sistema de Transmissão Elétrica Belga), pela RTE (Operador do Sistema de Transmissão Elétrica Francês), e pela Região da Valónia. Foi criado em 2011.

A equipa do LIFE Elia é liderado por elementos de duas ONG e tem como objetivo criar e promover de ações inovadoras que protejam e promovam a biodiversidade e chamem a atenção da comunidade para os habitats e para as espécies deste contexto específico.

Esta parceria enquadra-se na política de sustentabilidade da REN e reflete a nossa preocupação com a gestão do impacto ambiental das nossas infraestruturas nos ecossistemas. A REN fomenta um trabalho em estreita colaboração com as autarquias e comunidades locais e acreditamos que a partilha de boas práticas e ação concertada, a nível local, nacional e internacional trará grandes benefícios para todos os envolvidos. Este protocolo é mais um exemplo do nosso compromisso”, assinala João Conceição, administrador Executivo da REN.

Vantagens desta parceria

– Reduzir o impacto das linhas na paisagem;
– Adicionar diversidade de árvores;
– Aumentar o lucro do proprietário nos terrenos utilizados;
– Amplificar a aceitabilidade social da criação de novas linhas;
– Afrouxar os custos anuais com a gestão das áreas;
– Engrandecer a biodiversidade.

OJE

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.