Blackrock reforça posição na EDP Renováveis para 3%

A Blackrock notificou a EDP Renováveis que ultrapassou o patamar mínimo de 3% para posições acionistas qualificadas, segundo um comunicado enviado pela energética à CMVM.

A Blackrock aumenta a participação na EDP Renováveis, confirma uma nota enviada pela unidade renovável do grupo português à Comissão dos Mercados e Valores Mobiliários (CMVM) esta segunda-feira.

Assim, a Blockrock informou a EDPR de que, “em resultado de transações executadas a 20 de janeiro de 2023, ultrapassou o patamar mínimo de 3% para posições acionistas qualificadas”.

Após estas transações, assinala a nota da EDPR, a Blackrock detém 28.069.268 direitos de voto na empresa, o que corresponde a pouco mais de 2,9% do total.

“O facto de a BlackRock aumentar o capital na empresa para 3% demonstra que é uma empresa que tem potencial e que está em linha com os investimentos que eles procuram. Se olharmos para os dados fundamentais da empresa, ela demonstrou níveis de crescimento bastante acima da média do PSI20, portanto não é de admirar o posicionamento de gigantes como a BlackRock. Para a empresa pode não significar nada diretamente, já que esta aquisição foi feita em mercado secundário. Contudo, sendo agora a Blackrock o maior acionista (com a excepção da EDP), poderá fazer uma pressão sobre a gestão da empresa, nomeadamente em matérias como: os dividendos ou a despesa. Ainda assim, é de salientar que a BlackRock não vai querer comprometer o desenvolvimento e o crescimento da empresa”, explica o analista da XTB, Vítor Madeira.

Recomendadas

Grandes petrolíferas dobraram lucros e atingem recorde

Lucros e dividendos a atingirem novos recordes, dívida a reduzir e investimento a aumentar. Grandes petrolíferas ocidentais registaram um bom ano de 2022.

Dow, S&P 500 e Nasdaq na ‘linha de água’ em dia de resultados importantes

Os três principais índices da bolsa nova-iorquina arrancaram a sessão tímidos esta quarta-feira, que ainda reserva resultados de algumas das cotadas. A ajudar: o presidente da Fed, Jerome Powell, deu sinais de um abrandamento da inflação, o que poderá sinalizar uma mudança na política monetária.

Bolsa da Turquia suspensa pela primeira vez em 24 anos

O sismo que atingiu İzmit, a 90 quilómetros de Istambul, em 1999, levou ao encerramento da bolsa turca durante uma semana.
Comentários