BMW e Quercus lançam concurso para fãs de fotografia e natureza

O concurso nacional de fotografia de natureza do Instagram está de regresso. Em parceria com a BMW, a associação ambientalista Quercus anuncia a segunda edição do concurso e tem como tema a relação entre o homem e a natureza.

A segunda edição do concurso “#BMWiNaturePhoto” está de volta e tem como tema a relação entre o homem e a natureza.  O concurso que é criado em cooperação entre a Quercus e BMW vem no âmbito da responsabilidade ambiental e mobilidade sustentável.

Este ano a Quercus e a BMW desafiam os participantes a captarem imagens onde esteja patente a dinâmica Homem vs. Natureza, alertando para uma relação que é de harmonia mas também, muitas vezes, sinónimo de confronto, desafiando deste modo o público a pensar no meio ambiente a partir desta relação.

“Esta parceria com a Quercus surge no âmbito do compromisso do BMW Group relativamente à sustentabilidade ambiental e mobilidade elétrica. Ao longo dos últimos anos, temos vindo a assumir um papel cada vez maior no que diz respeito à construção do futuro da mobilidade individual sustentável”, afirma João Trincheiras, corporate communications manager da BMW Portugal.

Para participar, cada candidato tem apenas de partilhar no seu perfil público de Instagram uma fotografia dentro do tema ‘Homem vs. Natureza’, com a hashtag #BMWiNaturePhoto, e identificar as páginas @quercus_ancn_ e @bmwportugal, até afotoghto dia 31 de dezembro de 2018.

Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Associação Zero: Legislação de proteção dos solos está “na gaveta” há sete anos

De acordo com a nota de imprensa, um estudo da Agência Portuguesa do Ambiente, de 2017, concluiu que o país “ganharia cerca de 25 milhões de euros em seis anos, em resultado da publicação do ProSolos, aos quais se acrescentariam ganhos ambientais e na saúde pública”.

Guia para gestão de Áreas Marinhas Protegidas quer ser “ferramenta útil”, afirma investigador

O “Guia de Boas Práticas para a Gestão e Monitorização de Áreas Marinhas Protegidas”, apresentado hoje, pretende ser “uma ferramenta útil” e simples para as pessoas que trabalham na área, disse um dos autores do documento à agência Lusa.
Comentários