BNP Paribas financia voluntariado dos colaboradores

Dar uma mão a quem já ajuda é o lema do projeto “Mão2”, que o BNP Paribas está a implementar em Portugal, no âmbito da sua política de responsabilidade social. Este é um projeto assente no voluntariado, que tem como objetivo encorajar as iniciativas de interesse geral levadas a cabo por associações nas quais os […]

Dar uma mão a quem já ajuda é o lema do projeto “Mão2”, que o BNP Paribas está a implementar em Portugal, no âmbito da sua política de responsabilidade social.

Este é um projeto assente no voluntariado, que tem como objetivo encorajar as iniciativas de interesse geral levadas a cabo por associações nas quais os colaboradores do grupo do BNP Paribas Portugal estão envolvidos a título voluntário. Desta forma, o grupo associa-se aos seus colaboradores e seleciona um conjunto de projetos de associações onde estes sejam voluntários e financia uma parte desses projetos.

São, então, os colaboradores do banco que concorrem a este projeto com a associação que habitualmente representam. Na candidatura explicam o projeto, o seu impacto na sociedade e as razões por que se candidatam.

O projeto vai já na sexta edição e este ano o grupo BNP Paribas recebeu 13 candidaturas, tendo selecionado, através de um júri composto por outros colaboradores do grupo, seis projetos para financiar. No total, o banco disponibilizou 9800 euros que irão ser aplicados em material de apoio a idosos, em colónias de férias, num ginásio de desenvolvimento para pessoas portadoras de trissomia 21 ou no apoio do ensino de música a meninos de rua.

“O projeto Mão2 é o exemplo perfeito do espírito com que se vive o voluntariado no seio da nossa empresa”, confirma Sabrina Monteiro, diretora de comunicação e de responsabilidade social e corporativa do Grupo BNP Paribas. “É um estímulo recíproco que não é apenas unidirecional. A empresa incentiva as ações de voluntariado mas, ao mesmo tempo, é incitada pelos próprios colaboradores a fazer mais e melhor”, salienta, antes de concluir que “neste projeto ganhamos todos: o grupo que se sente útil ao apoiar o terceiro setor, os colaboradores que se sentem valorizados com a ajuda que proporcionam ao ‘outro’ e as associações que tantas carências sentem”.

As instituições selecionadas nesta sexta edição do projeto Mão2 são a Associação Vale de Acór; a Olhar 21 – Associação de Apoio a Cidadãos com Trissomia 21, a Ponto de Apoio à Vida, que ajuda grávidas em dificuldades; a Associação Vida Cristã Filadélfia; o Clube Futsal de Oeiras e a Associação do Centro de Dia de 3.ª idade de Unhos.

 

OJE

Recomendadas

Líder da Fretilin propõe relação mais económica entre Portugal e Timor-Leste

Em entrevista à Lusa em Lisboa, Mari Alkatiri explicou que esse tem sido o tema das conversas com políticos portugueses, entre os quais o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, defendendo uma relação multilateral do quadro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

“Governo vai mexer nos escalões do IRS no próximo ano”; “Polícias proibidos de disparar com balas reais contra multidões”; “22 mil milhões de euros para a banca”

Dívida pública federal dos EUA supera 31 biliões de dólares

Aproximando-se do limite legal de 31,4 biliões – um limite artificial colocado pelo Congresso à capacidade de endividamento do governo federal -, a dimensão da dívida confronta uma economia que enfrenta uma inflação elevada, taxas de juro em crescendo e um dólar forte.