Bold e IDC criam documento para ajudar na modernização das TI portuguesas

O documento, cujo objetivo é servir de apoio na tomada de decisão por parte das organizações face aos problemas que possam enfrentar, a BOLD e a IDC pretendem auxiliar as empresas no desenvolvimento de um plano de modernização e racionalização de TI com o intuito de torná-las empresas nativas digitais.

A BOLD anunciou uma parceria com a IDC Portugal (International Data Corporation de forma a criar um whitepaper (documento que aprofunda determinado problema, as causas, conceitos e soluções) intitulado “O contributo da modernização e racionalização das TI para a Transformação Digital. Um plano de ação para um mundo pós-COVID-19”.

O documento, cujo objetivo é servir de apoio na tomada de decisão por parte das organizações face aos problemas que possam enfrentar, a BOLD e a IDC pretendem auxiliar as empresas no desenvolvimento de um plano de modernização e racionalização de TI com o intuito de torná-las empresas nativas digitais.

Para Bruno Tavares, CTO da BOLD, o objetivo da parceria passa por “criar soluções que ajudem as empresas a reduzir custos e otimizar recursos que permitam a sua maior adaptabilidade a um mundo mais volátil e incerto”.

Por sua vez, Gabriel Coimbra, vice-presidente e country manager da IDC, sublinha que o documento “pretende apoiar os decisores de negócio e de TI no desenvolvimento de um plano de modernização e racionalização das TI e considera quatro dimensões principais da gestão das TI: Considerações financeiras; Necessidades de financiamento da Transformação Digital; Revisão e racionalização de contratos; e análise do ciclo-de-vida dos produtos”.

Recomendadas

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  

Complemento excecional a pensionistas: SNQTB remeteu nova carta ao Primeiro-Ministro

Depois do OE2023 ter sido aprovado o Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários diz que “o Partido Socialista mantém a injustiça em relação aos bancários reformados que foram indevidamente excluídos da atribuição do complemento excecional a pensionistas”.
Comentários