PremiumBold prevê subida da receita anual apesar da pandemia

CEO da Bold conta ao Jornal Económico que prevê crescimento de 12%, para 37 milhões, na receita deste ano. Em plena pandemia, parceria com o Governo e projeto ganho na Arábia Saudita sinalizam resiliência. Gestor considera teletrabalho vantagem competitiva.

Depois de um crescimento orgânico assinalável nos últimos 11 anos, após alargar o leque de serviços prestados e de deixar para trás o rótulo de empresa de outsourcing para se tornar numa consultora tecnológica, a portuguesa Bold, hoje com 750 trabalhadores, identificou nos efeitos económicos da pandemia de Covid-19 desafios que ainda não conhecia. Mesmo assim, o presidente executivo da consultora, Bruno Mota, prevê que as receitas da empresa cresçam 12%, para 37 milhões de euros, em 2020.

“A pandemia tirou-nos alguns pontos extra face ao nosso orçamento, que foi ligeiramente afetado, mas, ainda assim, continuamos a crescer a dois dígitos e temos boas previsões para o final do ano”, afiança o CEO da Bold ao Jornal Económico.

A Bold vinha de um ano em que a faturação ascendera aos 34 milhões de euros, com as previsões pré-Covid-19 a apontarem para os 40 milhões de euros de receita este ano. Os efeitos do surto epidemiológico obrigaram a uma revisão em baixa da previsão.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Grupo SATA integra projeto Cluster Grace Açores

Associados e membros do cluster partilham boas-práticas e desenvolvem sinergias com o objetivo de colocar os temas da Agenda 2030, 2050 e ESG (Environmental, Sustainability and Governance) como prioritários nas agendas das empresas.

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.
Comentários