Bolsa abre em terreno positivo com Mota-Engil a registar o maior ganho

O petróleo está a negociar em alta com o brent a subir 2,33% para os 105,16 euros e o crude valoriza 1,80% para os 101,29 euros.

A bolsa de Lisboa abre no ‘verde’, com uma subida de 0,24%, para os 5,893.50 pontos.

A maior subida vai para a Mota Engil que valoriza 1,17% para os 1,210 euros, seguida pelos CTT que sobe 1,16% para os 3,06 euros, e a Jerónimo Martins que valoriza 1,13% para os 21,40 euros.

A Greenvolt concluiu com sucesso o aumento de capital de 100 milhões. A oferta foi subscrita na totalidade, com 97% da oferta a ser subscrita pelos atuais acionistas.

Apesar disso a Greenvolt é a cotada que mais desvaloriza, com uma quebra de 1,82% para os 7,55 euros.

Entre as cotadas que se encontram em perda estão a EDP que desce 0,46% para os 4,52 euros e a REN que quebra 0,18% para os 2,845 euros.

A Altri, Galp, Navigator, e Banco Comercial Português (BCP) voltam aos ganhos depois de na passada terça-feira terem chegado a desvalorizar 9%, 6%, 5% e 5%.

As principais bolsas europeus abriram em subida com o DAX (Alemanha) a valorizar 1,31%, o FTSE 100 (Reino Unido) a subir 1,47%, o CAC 40 (França) a subir 1,38%, e o IBEX 35 (Espanha) valoriza 0,85%.

A research da BA&N salienta que esta quarta-feira se assiste a um “movimento de correção nos preços” de ativos como o petróleo e as obrigações que recuperam parte das quedas da véspera.

O petróleo está a negociar em alta com o brent a subir 2,33% para os 105,16 euros e o crude valoriza 1,80% para os 101,29 euros.

Na passada terça-feira o petróleo chegou a estar abaixo dos 100 dólares. A research da BiG sublinhou que tal se deveu sobretudo ao “alastrar do risco de recessão económica que tende a conduzir a um menor consumo”.

Atualizado às 09h02

Recomendadas

Wall Street começa bem mas acaba no vermelho

Os mercados finalmente parecem ter entendido que a Reserva Federal ainda não se decidiu a moderar o aumento das taxas de juro. Antes disso, é preciso que a moderação do crescimento da inflação se consolide.

Bolsa de Lisboa encerra sessão no verde com Galp a liderar ganhos

Além da Galp, BCP encerra sessão a valorizar 3,23% para 0,1567 euros e a Mota-Engil a crescer 1,81% para 1,204 euros.

Wall Street abre em terreno positivo

No mercado petrolífero, o Brent sobe 1,31% para 98,68 dólares por barril e o WTI ganha 1,53% para 93,34 dólares.  
Comentários