Bolsa abre no ‘verde’ numa Europa no ‘vermelho’. Euro e dólar atingem paridade

O petróleo está a negociar em baixa com o brent a descer 1,07% para os 95,56 dólares e o crude quebra 1,14% para os 89,47 dólares.

A bolsa de Lisboa abre no ‘verde’, valorizando 0,05%, para os 6,273.00 pontos.

A maior valorização vai para a EDP que sobe 1,13% para os 5,17 euros, seguida pela Semapa que sobe 1,10% para os 14,70 euros e a EDP Renováveis que valoriza 0,54% para os 26,12 euros.

Em quebra estão cotadas como a Navigator, Banco Comercial Português (BCP), Greenvolt, Altri, Mota Engil, CTT, Sonae, Corticeira Amorim, REN.

As principais bolsas europeias abrem no ‘vermelho’ com o DAX (Alemanha) a quebrar 0,35%, o FTSE 100 (Reino Unido) a descer 0,15%, o CAC 40 (França) a quebrar 0,30%, e o IBEX 35 (Espanha) a desvalorizar 0,43%.

O petróleo está a negociar em baixa com o brent a descer 1,07% para os 95,56 dólares, e o crude quebra 1,14% para os 89,47 dólares.

O euro está a desvalorizar face ao euro com uma quebra de 0,04% para os 1,00851 euros.

Recomendadas

PSI lidera subidas na Europa com CTT e NOS a valorizarem à volta de 5%

“As bolsas europeias ganharam ânimo ao longo da sessão e acabaram por encerrar em alta, com o PSI em destaque, ao valorizar quase 2%. O índice de ações português foi impulsionado pelo disparo superior a 5% da NOS, perante perspetivas de que o mercado móvel nacional possa encolher de cinco para quatro players depois da Vodafone Portugal ter concordado em comprar a Nowo”, relata o analista do Millennium BCP, Ramiro Loureiro.

Samba Digital entra na Bolsa de Lisboa a 6 de outubro

A Samba Digital trabalha com os maiores clubes e jogadores do futebol inglês, francês, italiano e alemão. E, desde este ano, com a Primeira Liga Portuguesa.

CMVM publica três documentos com recomendações para o investidor

Na “Semana do Investidor” a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários avança com duas publicações. Sendo uma delas o “Relatório do Investidor” e a outra um estudo sobre Incentivos à Poupança de Longo-Prazo. Hoje é publicada também a brochura sobre Finanças Sustentáveis para ajudar os investidores a identificarem as características deste tipo de investimentos, o que os distingue e quais os cuidados a ter.
Comentários