Bolsa abre no vermelho com JM a liderar perdas

O PSI 20, principal índice da bolsa portuguesa, abriu a última sessão da semana a cair em linha com os restantes mercados europeus, supostamente a aliviar dos ganhos que se seguiram à decisão, anunciada na quarta-feira, pela Reserva Federal dos EUA de subir a taxa de juro.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

O índice português abriu a desvalorizar 0,44% para 5.254,84 pontos, com oito cotadas em queda. A empresa que mais penaliza o índice é a retalhista Jerónimo Martins (JM), que negoceia nos 11,92 euros, o que traduz perdas de 2,38% face a ontem.

No setor da energia, a Galp Energia sobe 0,50% resistindo às pressões do preço do crude nos mercados internacionais. Contrariamente, EDP e EDP Renováveis recuam 0,57% e 0,17%, respetivamente.

Com as ações do Banif suspensas desde as 14h00 de ontem, por decisão da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários até que seja prestada “informação relevante relativa ao processo de venda voluntária do banco atualmente em marcha, BCP e BPI fazem as honras do setor. Assim, o banco liderado por Nuno Amado cai 0,60% para 4,95 cêntimos enquanto o banco presidido por Fernando Ulrich sobe 0,44% para 1,141 euros.

OJE

Recomendadas

Santander lança fundo de investimento social em parceria com a ONG do Bono e Bobby Shriver

O Banco Santander, através da SAM, celebrou uma aliança com a (RED), a ONG cofundada por Bono e Bobby Shriver para angariar fundos destinados ao combate à SIDA. O fundo doará 15% da sua comissão de gestão para promover projetos. O fundo começou a ser comercializado em Espanha, Portugal, Reino Unido, Alemanha, Chile e nos centros nos quais opera o Santander Private Banking Internacional.

Bolsa de Lisboa arranca no ‘vermelho’. Galp cai quase 2%

Em linha com as congéneres europeias, a praça lisboeta abre a sessão desta segunda-feira em terreno negativo, com as principais cotadas do PSI a desvalorizar. O índice recuou 0,68% na abertura.

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta semana

Uma semana rica em dados da inflação na Europa, que os mercados analisarão com atenção na busca de sinais sobre a política monetária de médio-prazo do BCE, que tem vários responsáveis a discursar. Também nos EUA e Inglaterra os responsáveis pelos bancos centrais discursam na antecâmara da última reunião do ano.