Bolsa de Lisboa e Europa mergulham no ‘vermelho’

A bolsa de Lisboa perde 1,9%. Só a Semapa e a REN escapam às perdas da praça nacional. O petróleo está a negociar em baixa. Já o euro valoriza face ao dólar.

A bolsa de Lisboa está no ‘vermelho’ acumulando uma perda de 1,94% para os 5,852.30 pontos, com todas as cotadas na praça nacional a mergulharem em terreno negativo.

A maior quebra vai para o Banco Comercial Português (BCP) que perde 3,61% para os 0,1816 euros, seguido pela Jerónimo Martins que desce 3,48% para os 19,69 euros.

A acumular perdas acima dos 2% estão cotadas como a EDP Renováveis, CTT, Sonae, e Galp Energia.

A escapar às perdas e negociando no ‘verde’ estão a Semapa que sobe 0,49% para os 12,30 euros e a REN que valoriza 0,20% para os 2,535 euros.

A research do Millennium salienta que a bolsa nacional está a ser afetada pelas perdas verificadas em cotadas como o BCP, a Jerónimo Martins, “condicionada por um corte de recomendação” e também os CTT, EDP Renováveis, Sonae e Galp.

As principais bolsas europeias estão no ‘vermelho’ com o DAX (Alemanha) a descer 1,54%, o FTSE 100 (Reino Unido) quebra 1,07%, e o CAC 40 (França) desvaloriza 1,54%.

O AEX (Países Baixos) quebra 1,41%, o IBEX 35 (Espanha) desce 1,75%, e o FTSE MIB (Itália) desvaloriza 1,35%.

O Millennium diz que as perdas verificadas quer em Wall Street como na Europa podem ser atribuídas “a uma correção técnica” face aos ganhos de sessões anteriores o que pode ter levado os investidores “à tomada de mais valias”.

Outro fator que justifica as perdas nas bolsas está ligado a declarações de um governador do Banco Central Europeu (BCE), no entender do Millennium, que admitiu vários aumentos de 0,50% nas taxas de juro, “num discurso de agressividade de política monetária que está a ser reiterado por Christine Lagarde neste momento, admitindo a manutenção de subida de taxas de forma a trazer a inflação de volta à meta desejada (2%/ano)”.

O petróleo está a ser negociado no ‘vermelho’ com o brent a descer 0,68% para os 84,40 dólares e o crude desvaloriza 0,80% para os 79,16 dólares.

No mercado cambial o euro valoriza face ao dólar com uma subida de 0,29% para os 1,08254 dólares. O euro está a valorizar face à libra com um crescimento de 0,18% para as 0,87637 libras.

Recomendadas

EDP Renováveis mantém negociações do PSI em baixo

A maioria dos principais índices europeus seguem a mesma linha que Portugal, estando a negociar em terreno negativo.

Sector energético pressiona PSI. Lisboa abre no ‘vermelho’

A EDP Renováveis e a Greenvolt são as cotadas a perder mais terreno, recuando mais de 1% na abertura da última sessão da semana.

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta sexta-feira

Os índices de gestores de compras para a zona euro e Reino Unido são divulgados no dia a seguir a nova subida dos juros na economia britânica, que destoa da tendência menos negativa do que o temido no resto o continente e parece mesmo estar em recessão.
Comentários