Bolsa de Lisboa fecha em terreno positivo com Europa no ‘vermelho’

As cotadas da família EDP foram as únicas a terminar o dia em terreno negativo, com a EDP a perder 1,28%, nos 4,55 euros, e a EDP Renováveis a cair 0,92% para os 21,43 euros.

A Bolsa de Lisboa (PSI) fechou a sessão desta terça-feira no ‘verde’, a valorizar 0,52%, nos 5.443,99 pontos, com as principais bolsas europeias no ‘vermelho’.

A Jerónimo Martins liderou nos ganhos e fechou a valorizar 2,49%, com as suas ações a valerem 21,40 euros, seguida da Galp, que ganhou 2,07% para os 9,55 euros, enquanto a Altri cresceu 1,92% para os 5,09 euros. O BCP também fechou a sessão a ganhar 0,45%, com as suas ações nos 0,1347 euros.

As cotadas da família EDP foram as únicas a terminar o dia em terreno negativo, com a EDP a perder 1,28%, nos 4,55 euros, e a EDP Renováveis a cair 0,92% para os 21,43 euros.

Já as principais bolsas europeias fecharam em terreno negativo, com o IBEX 35 (Espanha) a desvalorizar 0,80%, o DAX (Alemanha) a perder 0,72%, o FTSE 100 (Reino Unido) a cair 0,55% e o CAC 40 (França) a desvalorizar 0,27%.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, destaca que as praças europeias encerram na sua maioria em baixa, penalizadas pela perda de fulgor em Wall Street, ainda que os principais índices de ações norte-americanos se consigam manter à tona.

“A revelação de que as vendas de novas casas nos EUA cresceram inesperadamente 28,8% no mês de agosto, quando os analistas estimavam uma contração de 2,2% e que os consumidores demonstram uma confiança superior ao estimado em setembro, indicam que a economia ainda vai dando sinais de resiliência à subida de taxas de juro, o que poderá levar a Fed a demonstrar uma postura mais agressiva no combate à inflação ou manter a taxa diretora em níveis elevados durante um período mais longo”, aponta o analista.

Ramiro Loureiro sublinha que os preços do gás natural na Europa dispararam mais de 10%, após a Gazprom ter alertado que Moscovo poderá sancionar a Naftogaz da Ucrânia, o que a impediria de pagar taxas de trânsito e, portanto, colocaria em risco os fluxos de gás para a Europa via Ucrânia.

“O índice português foi a exceção às perdas europeias, impulsionado pelas valorizações da Semapa, Galp, Altri e Jerónimo Martins”, diz, ainda..

O preço do barril de petróleo está a valorizar, com o brent a ganhar 2,34% para os 84,80 dólares e o crude a crescer 2,23% para os 78,42 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,21% face ao dólar, para os 0,9626 euros.

Recomendadas

PSI encerra sessão em alta ligeira em contraste com generalidade dos mercados europeus

O banco liderado por Miguel Maya cessou o dia com ganhos de 1,23% para 0,1479 euros, seguido da NOS, com 1,21% para 3,83 euros. A Semapa terminou o dia a subir 1,90% para 13,98 euros.

Wall Street arranca semana em baixa

Assim, na abertura de Wall Street, o Dow Jones perde 0,62% para 34.217,92 pontos, o S&P 500 cede 0,69% para 34.217,92 pontos e o tecnológico Nasdaq recua 0,54% para 11.399,31 pontos. 

PSI cresce 2,5% em novembro e reforça valorização anual para 5,3%

O ranking mensal de aumento das cotações corresponde à Galp (14,7%), à Semapa (11,3%), ao BCP (5,7%), à EDP Renováveis (3,5%), à Greenvolt (3,2%), à EDP (2,1%), aos CTT (1,8%), à Mota-Engil (1,5%), à Jerónimo Martins (1%) e à Navigator (0,2%). 
Comentários