Bolsa de Lisboa fecha na linha d’água com ajuda das energéticas

“A maioria das praças europeias acabou por encerrar em alta, no dia em que o mercado aguarda com expectativa as decisões de política monetária da Fed, que serão comunicadas às 19h00″, explica Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

A Bolsa de Lisboa encerrou a sessão desta quarta-feira, dia 11 de dezembro, em linha d’água. O principal índice bolsista nacional terminou as negociações de hoje com uma “ganho” de 0,01% para os 5.148,97 pontos, impulsionado sobretudo pelos títulos da Galp Energia (+0,42%, para 14,28 euros), da EDP – Energias de Portugal (+0,87%, para 3,71 euros) e da Jerónimo Martins (+0,20%, para 14,76 euros).

Tal como explicam os analistas do CaixaBank/BPI Research, a petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva, depois após ter atingido um máximo de 15,32 euros, tem vindo a corrigir, espelhando o recuo generalizado do setor. A ação voltou hoje a ganhar alguma força, embora os ganhos tenham sido contidos. Tecnicamente, a ação tem uma importante zona de suporte entre os 13,88 [euros] e os 14”, referem, numa nota de mercado enviada hoje.

No PSI-20, que acompanha o otimismo europeu, sobressaem ainda as subidas das empresas da pasta e do papel Navigator (+0,56%, para 3,60 euros) e da Semapa (+0,43%, para 13,94 euros). Por outro lado, em contraciclo, estão a Mota-Engil (-1,31%, para 1,81 euros) ou a Nos (-0,16%, para 4,98 euros).

Nas restantes praças do ‘Velho Continente’, reinaram igualmente as valorizações. O índice alemão DAX subiu 0,58%, o britânico FTSE 100 fechou também na linha d’água, o francês CAC 40 ganhou 0,22%, o holandês AEX somou 0,16%, o italiano FTSE MIB avançou 0,14% e o espanhol IBEX 35 subiu 0,77%. O Euro Stoxx 50 ficou igualmente marcado por uma valorização de 0,43%.

“A maioria das praças europeias acabou por encerrar em alta, no dia em que o mercado aguarda com expectativa as decisões de política monetária da Fed, que serão comunicadas às 19h00. É esperado que o banco central norte-americano deixe os juros inalterados, mas os investidores vão olhar muito para os sinais do que possa ser a política e as projeções económicas para 2020”, explica Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

Em relação aos preços do petróleo, a cotação do barril de Brent está a perder 1,29%, para 63,51 dólares, enquanto a cotação do crude WTI recua 1,05%, para 58,62 dólares por barril. Quanto ao mercado cambial, o euro aprecia 0,01% face ao dólar (1,1094) e a libra “valoriza” 0,21% perante a divisa dos Estados Unidos (1,3182).

Recomendadas

Juros da dívida de Portugal sobem a dois, cinco e dez anos

Às 08:30 em Lisboa, os juros a 10 anos avançavam para 3,203%, contra 3,166% na quinta-feira.

PSI no ‘vermelho’ em manhã mista nos mercados europeus

No mercado petrolífero, o brent ganha 0,04% para 94,46 pontos e o crude avança 0,08% para 88,52 pontos.

Extrema direita na Europa em ascensão

Na Europa começa-se a assistir a uma mudança na preferência dos eleitores que, aparentemente, mostram que estão cansados dos mesmos partidos políticos que têm governado as principais potências europeias nestes últimos anos.
Comentários