Bolsa de Lisboa inicia semana em terreno positivo

Apesar da praça portuguesa se encontrar a valorizar ligeiramente, existem empresas que se destacam nesta abertura, como a Corticeira Amorim, a Nos e a Galp.

A bolsa portuguesa (PSI20) abre a sessão desta segunda-feira em terreno positivo. O principal índice bolsista nacional está neste momento a valorizar 0,04% para 5,493.89 pontos.

Na abertura, a Corticeira Amorim é a cotada com a maior subida. A empresa liderada por António Rios Amorim sobe 0,71% para 11,28 euros, enquanto a Ramada cresce 0,56% para 7,22 euros. A Nos avança 0,41% para 3,40 euros, a Pharol soma 0,36% para 0,08 euros e a Galp ganha 0,26% para 8,42 euros. A Jerónimo Martins cresce 0,20% para 20,35 euros e a Sonae valoriza 0,16% para 0,09 euros.

Em sentido contrário, a REN cai 0,60% para 2,49 euros, os CTT perdem 0,35% para 4,28 euros, a Mota-Engil recua 0,32% para 1,24 euros, a EDP Renováveis desliza 0,28% para 21,52 euros e o BCP deprecia 0,21% para 0,14 euros.

As principais congéneres europeias estão a negociar em terreno misto. O alemão DAX valoriza 0,33%, o francês ganha 0,01% e o espanhol IBEX soma 0,38%. Nesta abertura, o britânico FTSE 100 desce 0,86% e o italiano deprecia 0,02%. O Euro Stoxx abre a sessão a subir 0,24% para 4.209,35 pontos.

No mercado petrolífero, o barril de Brent ganha 0,83%, para 75,77 dólares, enquanto o WTI valoriza 0,84% para 72,27 dólares.

No mercado cambial, o euro perde 0,21% face ao dólar, para 1,1288 dólares, e a libra esterlina recua 0,22% para 1,3240 dólares.

Recomendadas

Wall Street encerra sessão a negociar no ‘verde’. Destaque para Dow Jones que soma mais de 2,50%

No final do dia em Wall Street, o Dow Jones avança 2,66% para 29.490,89 pontos, o S&P 500 ganha 2,47% para 3.674,30 pontos e o tecnológico Nasdaq valoriza 2,27% para 10.815,43 pontos. 

PSI lidera subidas na Europa com CTT e NOS a valorizarem à volta de 5%

“As bolsas europeias ganharam ânimo ao longo da sessão e acabaram por encerrar em alta, com o PSI em destaque, ao valorizar quase 2%. O índice de ações português foi impulsionado pelo disparo superior a 5% da NOS, perante perspetivas de que o mercado móvel nacional possa encolher de cinco para quatro players depois da Vodafone Portugal ter concordado em comprar a Nowo”, relata o analista do Millennium BCP, Ramiro Loureiro.

Samba Digital entra na Bolsa de Lisboa a 6 de outubro

A Samba Digital trabalha com os maiores clubes e jogadores do futebol inglês, francês, italiano e alemão. E, desde este ano, com a Primeira Liga Portuguesa.
Comentários