Bolsa de Lisboa mantém-se em terreno positivo seguindo tendência europeia

O Eurostat anunciou esta manhã que o índice ajustado de produção industrial subiu 4,9% na zona euro e 5,7% na União Europeia, em setembro, face ao mesmo mês de 2021. 

A bolsa de Lisboa negoceia no ‘verde’ a meio da sessão desta segunda-feira, estando a subir 0,61% para 5.774,14 pontos, seguindo a tendência europeia.

“Os principais índices de ações negoceiam em leve alta esta manhã, no dia em que o presidente norte-americano Joe Biden e o líder chinês se encontram à margem da cúpula do G20”, destaca Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millennium Investment Banking, na sua nota diária.

O alemão DAX ganha 0,51% para 14.298,07 pontos, o britânico FTSE sobe 0,52% para 7.355,45 pontos, o francês CAC valoriza 0,33% para 6.616,35 pontos e o espanhol IBEX avança 0,68% para 8.152,85 pontos.

“A indicação de que a produção industrial na Zona Euro se expandiu acima do esperado em setembro é positiva, pese embora o impacto limitado, uma vez que os investidores estão já mais voltados para os dados do último trimestre do ano”, indica o mesmo especialista.

O Eurostat anunciou esta manhã que o índice ajustado de produção industrial subiu 4,9% na zona euro e 5,7% na União Europeia, em setembro, face ao mesmo mês de 2021.

 

Em atualização

Recomendadas

Energia dá impulso à Bolsa de Lisboa. Europa fecha no verde em dia marcado pela inflação

O mercado esperava que a inflação do IPC na zona do euro desacelerasse de 10,6% em Outubro para 10,4% em Novembro (variação anual). A leitura real mostrou uma desaceleração para 10,0% num ano. Os juros soberanos sobem. As ações também.

CMVM avança com cinco processos de contraordenação contra auditoras e CGD

O regulador aplicou quatro processos por violação de deveres de atuação dos auditores e outro à Caixa Geral de Depósitos por violação de deveres dos intermediários financeiros. Foi aplicada uma coima de 25 mil euros ao banco, suspensa integralmente por dois anos.
Comentários