Bolsa de Lisboa mantém-se no ‘verde’ em linha com principais bolsas europeias

As principais bolsas europeias também encontram-se todas em terreno positivo, com o DAX (Alemanha) a subir 0,78%, o FTSE 100 (Reino Unido) a crescer 1,28%, o CAC 40 (França) a valorizar 1,79% e o IBEX 35 (Espanha) a subir 0,56%.

A Bolsa de Lisboa (PSI) encontra-se a meio da sessão no ‘verde’, a valorizar 0,63%, para os 5.959,04 pontos, com a Greenvolt a liderar nos ganhos, seguida dos CTT.

A Greenvolt está a liderar nas subidas, com as suas ações a valorizarem 2,21%, para os 6,95 euros, seguida dos CTT, que sobem 1,79% para 3,13 euros, enquanto a Galp valoriza 1,75% para os 11,06 euros.

Nas perdas lidera a Mota Engil, que recua 0,79%, com as suas ações a valerem 1,262 euros, e a Semapa que está a desvalorizar 0,75%, passando para 13,20 euros.

As principais bolsas europeias também encontram-se todas em terreno positivo, com o DAX (Alemanha) a subir 0,78%, o FTSE 100 (Reino Unido) a crescer 1,28%, o CAC 40 (França) a valorizar 1,79% e o IBEX 35 (Espanha) a subir 0,56%.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, destaca que as bolsas europeias negoceiam em alta esta sexta-feira, sustentadas pela recuperação vivida ontem em Wall Street.

“A impulsionar estão os ganhos acima dos 2% dos setores Tecnológico, Media, Farmacêutico e de Consumo. Já o Automóvel recua mais de 1%, castigado pela queda de cotadas como Valeo, Mercedes, Continental e BMW”, aponta o analista.

“O de Retalho é arrastado pelo tombo superior a 10% da Zalando, depois da retalhista online espanhola ter emitido um profit warning. A indicação de que as vendas a retalho no Reino Unido contraíram mais que o previsto em maio são outro fator de pressão para o setor. No plano macroeconómico o IFO mostrou que a confiança empresarial na Alemanha sofreu uma ligeira degradação em junho”, frisa ainda.

O preço do barril de petróleo está a valorizar, com o brent a subir 1,32% para os 111,50 dólares e o crude a crescer 1,36% para os 105,69 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização face ao dólar, com uma subida de 0,18%, para os 1,0543 euros.

[Atualizada às 12h20]

Recomendadas

Wall Street: Reserva Federal acaba com otimismo sem sentido

Os investidores convenceram-se de que as mexidas nas taxas de juto seriam mais suaves que o inicialmente esperado. O banco central norte-americano teve de baixar as expectativas estranhamente sobreaquecidas do mercado.

Bolsa de Lisboa recupera e encerra na ‘linha de água’. Altri lidera ganhos

PSI subiu 0,01% em dia misto para as principais bolsas europeias. O euro está a ter uma desvalorização face ao dólar, com uma descida de 0,60%, para os 1,0119 dólares.

Wall Street abre mista após atas da Fed apontarem para subida menos agressiva da taxa de juro

Bolsa de Nova Iorque negoceia agora no ‘vermelho’ após o banco federal ter mostrado uma menor agressividade no ritmo de subida da taxa de juro devido a receios de abrandamento económico.
Comentários