Bolsa de Lisboa no ‘vermelho’ com EDP Renováveis a liderar nas perdas

As principais bolsas europeias estão em terreno positivo, com o DAX (Alemanha) a ganhar 0,12%, o CAC 40 (França) a valorizar 0,16% e o IBEX 35 (Espanha) a ganhar 0,37%, à exceção do FTSE 100 (Reino Unido) que está a desvalorizar 0,06%.

A Bolsa de Lisboa (PSI) encontra-se a meio da sessão desta quarta-feira no ‘vermelho’, a desvalorizar 0,37%, para 6.056,64 pontos, com a EDP Renováveis a liderar nas perdas.

A EDP Renováveis desvaloriza 1,79% com as suas ações a valerem 25,24 euros, seguida da REN, que perde 1,07% para os 2,775 euros, enquanto a Nos SGPS desvaloriza 0,92% para os 3,66 euros.

O BCP também segue sessão a perder 0,63%, com as suas ações a valerem 0,1428 euros, a Jerónimo Martins desvaloriza 0,62% e passa para os 22,46 euros e a EDP perde 0,28% e passa para os 4,94 euros.

A Corticeira Amorim lidera nos ganhos, valorizando 3,28%, com as suas ações a valerem 10,70 euros, seguida dos CTT, que ganham 0,76% para os 3,33 euros, enquanto a Altri valoriza 0,57% para os 5,27 euros. A Galp também segue sessão a valorizar 0,46% para os 10,03 euros.

As ações da Mota Engil mantêm-se inalteradas, a valerem 1,200 euros.

As principais bolsas europeias estão em terreno positivo, com o DAX (Alemanha) a ganhar 0,12%, o CAC 40 (França) a valorizar 0,16% e o IBEX 35 (Espanha) a ganhar 0,37%, à exceção do FTSE 100 (Reino Unido) que está a desvalorizar 0,06%.

O analista de mercados do Millenium BCP, Ramiro Loureiro, destaca que os investidores foram ganhando otimismo ao longo da manhã e a maioria dos principais índices de ações europeus segue agora em alta, após a revelação de que a atividade nos serviços da Zona Euro abrandou menos que o esperado em julho, com a expansão em Espanha e França a atenuar os efeitos da contração do sector na Alemanha e em Itália, sendo que apenas a última ocorreu de forma inesperada.

“A Alemanha recebeu a boa notícia de que as exportações líquidas em junho tiveram um registo bem mais positivo que o antecipado pelos analistas”, aponta Ramiro Loureiro.

O analista salienta ainda que “o PSI contraria o sentimento, castigado por quedas acima dos 0,5% de Jerónimo Martins, EDP Renováveis, Nos SGPS e REN. A Corticeira Amorim reage em alta à apresentação de contas. No exterior, a Axa segue animada após apresentar resultados semestrais, enquanto a BMW se mostra castigada pela queda nas vendas e corte no outlook de entregas”.

O preço do barril de petróleo está a desvalorizar, com o brent a perder 0,91% para os 99,63 dólares e o crude a desvalorizar 0,79% para os 93,67 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,21% face ao dólar, para os 1,0185 dólares.

Recomendadas

Bolsa de Lisboa encerra sessão a perder mais de 1%

O BCP e a Galp estão a liderar as perdas na bolsa de Lisboa. Por outro lado a Greenvolt é a cotada com mais ganhos.

Wall Street abre no ‘verde’ em linha com congéneres europeias

O Nadaq sobe agora 0,54% para 12.848,50 pontos, o S&P 500 avança 0,51% para 12.848,50 pontos e o Dow Jones valoriza 0,47% para 33.492,84 pontos.

Bolsa abre no ‘verde’ com Altri a liderar ganhos

O petróleo está a negociar em terreno misto com o brent a subir 0,07% para os 99,67 dólares e o crude quebra 0,06% para os 94,28 dólares.
Comentários